Você sabe o que é o Pacto Global da ONU?

568 views
© Depositphotos.com / pumba1 Consumo.

Os consumidores da atualidade estão cada vez mais exigentes e informados. Por isso, querem saber o que estão consumindo, como os produtos são fabricados e quais são os impactos gerados na natureza.

Pensando nisso, a ONU (Organização das Nações Unidas) propôs o Pacto Global da ONU para incentivar atitudes conscientes de preservação do meio ambiente por parte de companhias de diferentes seguimentos econômicos, que buscam crescer de maneira responsável. Alinhando, dessa forma, as políticas e práticas empresariais com os valores e os objetivos aplicáveis internacionalmente.

O acordo foi anunciado em 1999, pelo então secretário das Nações Unidas Kofi Annan durante o Fórum Econômico Mundial. Já o lançamento oficial ocorreu um ano depois em Nova York.

A adesão ao Pacto Global da ONU é voluntária e a empresa assume o compromisso de seguir os 10 princípios sustentáveis – subdivididos em direitos humanos, trabalho, meio ambiente e corrupção – em suas ações cotidianas e, posteriormente, prestar contas à sociedade.

Conheça os 10 princípios do Pacto Global da ONU:

Direitos humanos

• Apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente;

• Assegurar-se de sua não participação em violações destes direitos.

Trabalho

• Apoiar a liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva;

• Apoiar a eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório;

• Apoiar a abolição efetiva do trabalho infantil;

• Eliminar a discriminação no emprego.

Meio ambiente

© Depositphotos.com / Yaruta Meio ambiente.

• Apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais;

• Desenvolver iniciativas para promover maior responsabilidade ambiental;

• Incentivar o desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis.

Contra a Corrupção

• Combater a corrupção em todas as suas formas, inclusive extorsão e propina.

Para aderir ao Pacto Global da ONU, a empresa deve preencher uma carta em inglês, disponibilizada no site da organização, com os dados da companhia e enviar, devidamente assinada pelo principal executivo da companhia, para um órgão das Nações Unidas.