Urso com lata presa na boca alerta sobre os perigos da falta de descarte correto do lixo

521 views
SITE THE SIBERIAN TIMES / DVORJCHENKO VITALIY Pesquisadores usaram dardos tranquilizantes para conseguir ajudar o animal.

Milhões de toneladas de lixo são descartadas incorretamente no mundo inteiro. Muitos seres humanos não cumprem com a lei que estabelece o recolhimento correto dos resíduos e, com isso, causam diversos prejuízos ao meio ambiente. E esta semana, uma imagem serviu de alerta para mostrar as graves consequências que o descaso pode trazer.

Ambientalistas russos divulgaram as fotos de um filhote de urso polar com uma lata presa em sua língua. O fato aconteceu na ilha de Wrangel, um santuário natural no círculo Ártico, localizada na Rússia, e que faz parte da lista de patrimônios mundiais da humanidade da Unesco.

Alexander Grudzev, responsável pela reserva, disse em entrevista à BBC que o urso sofreu bastante por duas semanas com a lata em sua boca, pois além de ter ficado muito estressado, ele não conseguia se alimentar.

Para a remoção do objeto da boca do animal foi feita uma operação de socorro, que mobilizou os guardas florestais da região, que tiveram que utilizar dardos tranquilizantes na mãe e no filhote de urso. A lata que estava presa em sua língua precisou ser retirada com muito cuidado para não provocar um grande sangramento. Gruzdev ainda acrescentou, “Felizmente, tudo acabou bem e espero que isso não aconteça mais”.

Santuário de biodiversidade

Praticamente toda Ilha de Wrangel é uma reserva natural protegida pelas leis federais e administrada pelo Ministério do Meio Ambiente e Recursos Naturais da Rússia. O local ainda possui a maior densidade populacional de ursos polares em cavernas e morsas do pacífico no mundo, segundo dados da Unesco. Além de ser habitat de reprodução da única população de Gansos da Neve da Ásia e ser a maior colônia de aves marinhas.

Operação Limpeza

A ilha já está trabalhando para a remoção de toneladas de lixo que fazem parte dos tempos da União Soviética e, ironicamente, a lata que ficou presa na língua do urso talvez tenha sido deixada por um dos trabalhadores contratados para essa limpeza.

Esse problema já havia acontecido antes quando uma raposa ficou com a cabeça presa em um contêiner cheio de garrafa pet. Agora é torcer para que esse problema seja resolvido e a vida selvagem não sofra mais nenhum dano.