Quais as causas e consequências do efeito estufa?

24.724 Visualizações
CO2
Foto: abstrato

Considerado um fenômeno natural, o efeito estufa favorece a vida na Terra e impede que a temperatura do planeta esfrie mais do que deveria.

Isso acontece graças à concentração de gases na atmosfera, que forma uma camada que facilita a passagem dos raios solares, absorvendo grande parte do calor emitido pela superfície, dispersando-o no ambiente e mantendo um equilibro térmico no planeta.

No entanto, apesar dos efeitos positivos, as ações predatórias e desenfreadas do homem em relação às queimadas de florestas e o aumento da atividade industrial e agrícola, aliadas à emissão de gases poluentes – derivados, em sua grande maioria, da queima de combustíveis fósseis como gasolina e diesel -, vêm contribuindo de forma negativa, acelerando este processo natural. Como toda ação tem consequência, com o efeito estufa não poderia ser diferente.

De acordo com pesquisadores, a concentração de gases poluentes, que causam a aceleração do efeito estufa, tem relação direta com as mudanças climáticas. Isso porque quando a composição dos gases é alterada, o equilíbrio térmico fica ameaçado.

Queimada
Foto: carbon-counts

Os gases, quando emitidos de maneira destrutiva, formam uma camada de poluentes que absorvem grande parte da radiação infravermelha emitida pelo planeta, dificultando a dispersão do calor.

Além disso, a emissão desses gases tóxicos facilita a formação de buracos na atmosfera, fazendo com que os raios do Sol atinjam diretamente o solo, irradiando calor na atmosfera. O resultado é o aumento da temperatura global.

Aquecimento Global

mudanças climáticas
Foto: pixabay

Esse aumento da temperatura, provocado pelo fenômeno, poderá ocasionar grandes problemas à vida na Terra. As consequências do efeito estufa são muitas e já começaram a aparecer. Entre as mais alarmantes e conhecidas estão o derretimento das calotas polares e o aumento do nível dos mares.

Um estudo revelou que o século XX foi o mais quente dos últimos anos. Na Europa, conhecida pelas temperaturas não muito elevadas, já foram registradas ondas de calor de até 40°C.

O aumento de furacões, maremotos, ciclones, terremotos e enchentes também estão relacionados diretamente aos gases do efeito estufa. Bem como a extinção de animais e plantas, que sofrem pelas más condições de seus habitats.

Além disso, as produções agrícolas já estão sendo bastante afetadas. Agricultores enfrentam dificuldade no plantio e as safras vêm diminuindo drasticamente, afetando, também, a economia dos países.