As plantas mais venenosas

1.615 Visualizações

As plantas em geral encantam quem passa por jardins, florestas e, até mesmo, estufas. O que muitos nem desconfiam, é que há uma infinidade de toxinas que tornam algumas espécies mortais. Confira agora a lista com as plantas mais venenosas do mundo.

1. Nerium Oleander

Crédito: Wikimedia Commons

Também conhecida como Espirradeira, flor-de-são-josé, loureiro-rosa, loandro-da-índia, oleandro, entre outros, essa espécie é considerada a planta mais venenosa do mundo.  As toxinas atuam diretamente sobre o coração, além de causar diarreia, vômitos, dor de estômago e, claro, morte.

2. Cicuta Maculata

Crédito: scott.zona /Wikimedia Commons

Bastante atraente e com um padrão de crescimento vertical, a planta conta com uma raiz branca fatal. Além da morte, a espécie pode causar amnésia, convulsões violentas e dores musculares intensas.

3. Abrus Precatorius

Crédito: Wikimedia Commons

Originária do sudeste da Ásia, a planta possui vagens cheias de sementes vermelhas extremamente venenosas. Na Holanda, há uns séculos atrás, muitas pessoas faziam jóias com essas sementes, o que resultou em mortes em massa.

4. Atropa Belladonna

Crédito: H. Zell/ Wikimedia Commons

O veneno extremamente forte da espécie afeta o sistema nervoso, podendo paralisar os músculos do corpo. Além disso, também causa convulsão e confusão mental.

5. Ricinus Communis

Crédito: Magnus Manske/ Wikimedia Commons

Conhecida como Mamona aqui no Brasil, a espécie produz a ricina, considerada uma das mais potentes toxinas do mundo. A forma mais comum de envenenamento é por ingestão acidental das sementes.

6. Taxus Baccata

Crédito: Frank Vincentz/ Wikimedia Commons

A espécie possui apenas uma parte não venenosa: a baga vermelha. As sementes e as demais partes, no entanto, são altamente perigosas. Estima-se que seja preciso uma dose de cerca de apenas 50 gramas para matar uma pessoa. Dentre os sintomas estão problemas respiratória, tremores musculares, convulsões, colapso e, finalmente, parada cardíaca.

7. Ageratina Adenophora

Crédito: Sten Porse/ Wikimedia Commons

Com flores brancas, a espécie encanta a todos. No entanto, ela tem uma alta porcentagem da toxina tremetol, que não é conhecida por matar seres humanos diretamente, mas indiretamente. Isso porque, quando os seres humanos comem carne bovina intoxicada ou bebem o leite, a toxina entra no corpo e se torna a chamada “doença do leite”, levando a morte.

8. Aconitum

Crédito: Rüdiger Kratz/ Wikimedia Commons

Estima-se que existam mais de 250 espécies de Aconitum, largamente utilizada em homeopáticos. No entanto, a raiz dessa planta é altamente venenosa, já que bastam apenas 10 gramas para causar paralisia dos músculos cardíacos ou do sistema respiratório inteiro, resultando em morte.

9. Datura stramonium

Crédito: Nova/ Wikimedia Commons

No Brasil, a espécie é conhecida como trombeta de anjo, por causa das flores pendentes em forma de trompete, cobertas de pelos finos, que pendem da árvore. As flores, no entanto contém toxinas em todas as partes. A planta, inclusive, é transformada em chá e ingerida como uma droga alucinógena, o que resulta em ritmo cardíaco acelerado, delírio e comportamento agressivo.

10.  Hippomane mancinella

Crédito: Pancrat / Wikimedia Commons

A espécie é tão venenosa que pode provocar laringite e tosse apenas ao ser inalada. Além disso, quando há contato com a espécie, a pessoa pode sofrer com queimaduras e inflamação.