O que são janelas atmosféricas?

4.457 Visualizações
© Depositphotos.com / Pakhnyushchyy Atmosfera.

Um espaço sem barreira de nuvens ou gases, as janelas atmosféricas são conhecidas, na ciência, como uma faixa do espectro visível em que não ocorrem processos de absorção de radiações significativos. Nestas regiões a atmosfera é quase transparente à energia eletromagnética.

Quando o céu não está encoberto, parte da radiação terrestre escapa pela “janela da atmosfera”. Já quando o céu está nublado, parte da radiação é absorvida pelo vapor de água e pelas nuvens, retransmitida para o espaço exterior e para a camada atmosférica sob as nuvens, criando assim o “efeito de estufa”.

O aumento do lançamento de gases na atmosfera em decorrência de atividades humanas vem modificando o clima em todo o mundo e criando camadas cada vez maiores de poluição. Dessa forma, o aumento incontrolável do efeito estufa vem sendo registrado, o que leva a consequências como as altas temperaturas e o aquecimento global. Confira abaixo como agem os gases de efeito estufa (GEE):

• Dióxido de carbono

Um dos maiores vilões do efeito estufa, com um teor de presença na atmosfera muito alto, o CO2 é lançado, principalmente, a partir da queima de combustíveis fósseis. Estima-se que anualmente aproximadamente 2.650 bilhões de toneladas de dióxido de carbono são lançadas na atmosfera.

Ao entrar em contato com a radiação infravermelha, o CO2 absorve-a significativamente em duas estreitas faixas. Portanto, como a água e o CO2 não absorvem entre 7 mm e 13 mm, ocorre na atmosfera uma verdadeira janela, pela qual a radiação infravermelha emitida pela superfície terrestre escapa, perdendo-se no espaço.

• Ozônio

Esse gás também absorve a radiação infravermelha refletida pela superfície terrestre, embora seu papel principal esteja relacionado com sua presença na ozonosfera, bloqueando parte da radiação ultravioleta do sol. Sua absorção numa faixa em torno de 9 mm diminui a transparência da janela atmosférica à radiação infravermelha.

• Clorofluorcarbonetos (CFCs)

wikipedia Aerossol.

Os gases, cujo tempo médio de residência na atmosfera varia de 75 anos até 380 anos, são potentes gases-estufa.

Os CFCs são produzidos principalmente para uso em compressores para refrigeração doméstica e para expansão de polímeros. Eles absorvem radiação na faixa de 7 mm a 13 mm, contribuindo, portanto, para fechar a ‘janela’ atmosférica de escape de radiação infravermelha e, assim, aumentando o risco de aquecimento global.

Sensoriamento Remoto

Detectores de energia eletromagnética são alocados nas janelas atmosféricas a fim de realizar sensoriamento remoto dos objetos terrestres.

As interações da energia eletromagnética com os constituintes atmosféricos influenciam na caracterização da energia solar e terrestre disponíveis para a utilização de recursos naturais e do solo para plantio.