Monte Roraima: Conheça essa belíssima obra da natureza e descubra por que ele é tão famoso

390 Visualizações
© Depositphotos.com / coddie Monte Roraima.

Você já viu uma montanha plana? Se não, precisa conhecer o Monte Roraima, uma obra da natureza situada em um terreno montanhoso que faz parte do grupo Tepuis. O grupo se caracteriza pelo formato quase plano dos montes, que se assemelham a mesas. O Monte Roraima tem uma extensão de 31 quilômetros quadrados e engloba a parte sul da Venezuela, o extremo norte do Brasil e o oeste da Guiana.

O interesse e a curiosidade em volta do monte Roraima sempre estiveram presentes nas pessoas que o conhecem. Os primeiros povos que habitavam a região, por exemplo, contavam muitas lendas e mitos a respeito do Roraima. Em 1596, o monte foi descrito pela primeira vez e em 1912 foi fonte de inspiração para a obra O mundo perdido, de Arthur Conan Doyle, autor que criou o detetive Sherlock Holmes.

Alcançar e percorrer os 90 km do cume do monte é uma tarefa difícil. Pode levar até dois dias para chegar ao cume e sete dias para conhecer toda a área. A aventura começa pelo lado venezuelano, por onde o caminho pode ser percorrido sem o auxílio de equipamentos de alpinismo. Pelo lado do Brasil e da Guiana, devido às falésias que rodeiam o monte, é fundamental o uso dos equipamentos. Pela Venezuela, na aldeia indígena Paraitepuy, é possível encontrar guias que acompanham a viagem, já que é perigoso o turista se perder no caminho devido às nuvens e ao tempo chuvoso.

O ponto alto do Roraima é a “Pedra Maverick”, que recebe esse nome pela semelhança com o modelo de automóvel famoso nos anos 70, além da maravilhosa vista e da fauna e flora diversificada. A água que escorre do monte forma riachos e quedas de água de 979 metros de altura. Uma dessas quedas é a “Santo Angel”.

As pessoas começaram a escalar a montanha a partir de 1884, quando Everard Im Thurn, após várias tentativas de chegar ao topo, encontrou um caminho pelas encostas. Apesar de difícil acesso, o monte Roraima foi o primeiro Tepui a ser escalado. Hoje, esse é o percurso mais utilizado pelos aventureiros que buscam uma experiência diferente. Em 1989, com o objetivo de preservá-lo, o monte Roraima foi transformado em Parque Natural.

gabriela_amorim Monte Roraima.