Mineral pode ser a solução para a crise climática

491 views

Pesquisador da Universidade de Copenhague estuda em detalhes o mineral olivina, que é capaz de extrair CO2 da atmosfera.

A olivina é um mineral que apresenta grandes possibilidades de extrair o Dióxido de Carbono (CO2) da atmosfera, de acordo com o pesquisador e professor assistente do Departamento de Geociências e Gestão da Natureza da Universidade de Copenhagen, Kristoffer Szilas.

Este mineral contém níquel, que atualmente é usado na produção de aço e em baterias elétricas, mas as pesquisas mostram que a olivina também tem um potencial incrível para aliviar a crise climática.

O pesquisador dinamarquês vem trabalhando para recriar o processo natural em laboratório – um trabalho que pode contribuir potencialmente para resolver nossa crise climática no futuro.

“Quando a olivina é empurrada para a superfície da Terra, por meio de processos tectônicos, o mineral se torna instável e reage com o vento e o clima. Isso faz com que a olivina absorva CO2 da atmosfera e seja convertida em um novo mineral, um carbonato de magnésio chamado magnesita. Desta forma, o CO2 é armazenado no mineral, deixando de permanecer na atmosfera como gás”, diz Szilas.

Já faz um tempo que os cientistas conhecem as incríveis propriedades da olivina, mas agora Szilas vem trabalhando para conseguir recriar o processo natural, onde o Dióxido de Carbono é retirado da atmosfera, em laboratório. Se a missão for bem-sucedida, ela pode ter um enorme impacto positivo no clima. “Com 1.000 kg de olivina, pode-se extrair 600 kg de CO2 do ar. E como a olivina é encontrada no peridotito da rocha, que representa 80% do volume da Terra, o uso desse mineral tem um grande potencial de efeito no clima”, diz o pesquisador.