Documentário em realidade aumentada mostra detalhes do desastre em Mariana (MG)

690 views
Reprodução / Rio De Lama/ Youtube Documentário é narrado pelos sobreviventes do desastre.

O rompimento das barragens de Mariana (MG) ocorrido no último dia 05 de novembro de 2015, teve grande repercussão em todo o mundo, sendo reconhecida como uma das maiores tragédias naturais dos últimos anos. Passados quase seis meses desde o episódio, o município de Mariana e a vila de Bento Rodrigues começam a enfrentar seus piores dias.

Rio de Lama Curta-metragem apresenta uma visão 360°.

Após sofrer com a devastação, sensibilizar o país inteiro e receber condolências de pessoas de todos os lugares do planeta, a região, que fica localizada a sudeste da capital do estado mineiro, tem agora a difícil missão de recuperar a rotina calma e agradável que sempre pertenceu ao interior de Minas. Voltando ao – quase que inevitável – estado de esquecimento para grande parte da nação, os moradores da vila que abrigava cerca de 600 habitantes precisam, mais do que nunca, se fortalecer e encarar o dia seguinte de sua nova realidade.

Para não dar à região de Bento Rodrigues o mesmo destino de outras tragédias históricas, o diretor de cinema Tadeu Jungle, junto com sua equipe, decidiu gravar um curta-metragem no qual o novo panorama do vilarejo pode ser observado em detalhes, através de uma tecnologia de realidade virtual, que permite o público acompanhar a história em completa imersão no cenário.

O documentário “Rio De Lama: A Maior Tragédia Ambiental Do Brasil” traz a narração dos sobreviventes do desastre, que detalham como as coisas aconteceram e falam da vida que levavam até tudo se desenrolar daquela forma. “Até agora as ações por parte do governo foram morosas e a comunidade atingida sofre. A primeira coisa que a Samarco deseja é que tudo seja esquecido o mais breve possível. O filme é uma peça que busca contribuir para que isso não aconteça”, explicou o diretor ao Greepeace, sobre a importância social do retrato destacado na obra.

Em memória das pessoas que perderam o sentido de viver ou a própria vida naquele dia 05 de novembro, Tadeu Jungle fala da criação de um Memorial de Mariana para homenagear todos aqueles que nunca mais terão seus lares recuperados e inteiramente restaurados depois do desastre.

Disponível gratuitamente no GooglePlay para smartphones e na AppStore, o curta, que apresenta uma visão 360° do cenário “pós-apocalíptico” da vila de Bento Rodrigues, foi também disponibilizado no YouTube. Acompanhe abaixo o documentário na íntegra: