Dia do Meio Ambiente: Veja 5 dicas de preservação da natureza

31.780 Visualizações

Em 5 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, um momento para celebrar a natureza. O mar, as florestas, os seres vivos cumprem cada qual o seu papel dentro do bioma. Graças à fotossíntese das plantas, por exemplo, o ar se torna mais puro e ajuda a amenizar os impactos da poluição e os rios suprem a necessidade de água dos animais e seres humanos, ou seja, é imprescindível que o meio ambiente seja preservado.

Plantar árvores nativas para a recuperação da nossa cobertura vegetal contribui para a manutenção da nossa biodiversidade, além de melhorar a qualidade do ar”, explica a professora e bióloga, Bruna Ernandes.

Natureza
Foto: 55953988@N00

Estipulado em 1972 pela ONU, o Dia Mundial do Meio Ambiente visa conscientizar a sociedade não somente sobre a preservação dos ecossistemas, mas também sobre os desafios globais que muitos países enfrentam desde então para driblar a fome, seca, desmatamento, entre outros. Desde 1981, a Semana Nacional do Meio Ambiente no Brasil, criada no governo do presidente João Batista Figueiredo, pretende conscientizar os brasileiros sobre a preservação do nosso patrimônio natural.

E como fazer para continuar usufruindo destes recursos sem que sofram grandes impactos? Ações coletivas e individuais a curto prazo permitem que o planeta continue a dispor de água necessária para os seres vivos, indústria e agricultura. Conheça cinco atitudes que ajudam a preservar o meio ambiente:

1ª – Plante árvores

A vegetação diminui o índice de gases tóxicos na atmosfera quando realizam a fotossíntese. A professora e bióloga, Bruna Ernandes, ilustra que as plantas são conhecidas como sequestradoras de CO2, quanto mais rápido é o crescimento, mais rápida é a absorção de gás carbônico. “Plantar árvores nativas para a recuperação da nossa cobertura vegetal contribui para a manutenção da nossa biodiversidade, além de melhorar a qualidade do ar”, ressalta a bióloga.

Plantar árvore
Foto: tangysd

Uma opção para contribuir com o aumento do número de árvores no planeta é participar de projetos com organizações ambientas voltadas ao aprendizado do cultivo de árvores e outros vegetais. Outro exemplo é campanha de incentivo à arborização realizada pela Prefeitura de São Paulo. Para receber mudas de plantas e árvores, à população deve se dirigir aos parques paulistanos e lá recebem orientações de plantio e manutenção.

2ª – Economize água

De acordo com a ONU, 2013 é considerado o Ano Internacional de Cooperação pela Água, que serve para lembrar que mais de 11% da população mundial sofre com a escassez de água potável. Para economizar água existem várias maneiras e você pode começar em casa: instalado chuveiros e descargas econômicas, economizando tempo no banho, acumulando roupas e louças para lavar de uma só vez, evitando assim o desperdício.

Água
Foto: barefootcollege

3ª – Economize energia elétrica

Quando se economiza energia, indiretamente reduz a quantidade de água utilizada na demanda de produção de energia elétrica. A usina de Itaipu, por exemplo, para gerar 95 milhões de MWh (megawatts/hora) precisa do volume de água de 8 cataratas do Iguaçu. Para poupar energia, um dos caminhos é evitar usar eletrodomésticos por longos períodos e aproveitar a luz do sol.

Consumo de Energia
Foto: Jamelah

4ª – Recicle o lixo

Separar resíduos em casa como o papel, plástico, metal, vidro e lixo orgânico já é um grande passo e facilita o trabalho das empresas de coleta seletiva. Esta prática evita a degradação do solo e o número de dejetos que será despejado nos aterros será menor, pois terão a usina de compostagem como destino certo. A Diretora Executiva da Brasil Ambiental, Marialva Lyra, destaca que se os resíduos são misturados, apenas 1% pode ser reciclado. Se a coleta seletiva for efetuada, o número sobe para 70%. Sem contar que a ausência da reciclagem reflete prejuízo nos cofres públicos. Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) mostram que o Brasil perde R$ 8 bilhões por não reciclar o lixo.

Coleta Seletiva
Foto: Ministério da Saúde

5ª – Utilize menos o carro

Uma pesquisa da Ecofrotas, empresa especializada em gestão sustentável de frotas, mostra que os veículos à gasolina são responsáveis por produzir 71,6 milhões de toneladas de CO2 no Brasil. Outro estudo publicado pelo Inventário Municipal de Emissões e Remoções Antrópicas de Gases de Efeito Estufa (GEE) aponta que cerca de 60% da queima de combustível está relacionada ao sistema de transporte.

Transporte Sustentável
Foto: roland

Por isso evite usar carro em situações desnecessárias. Andar a pé ou optar pela bicicleta são alternativas que não emitem gases tóxicos, além de fazer bem à saúde.