Descubra algumas das plantas mais incríveis da Terra

1.301 views

Todos nós sabemos que a Terra é repleta de formas espetaculares de vida, porém existem plantas ainda mais incríveis e que pouca gente ouviu falar. São formas de vida que também disputam espaço e comida (luz) em uma natureza selvagem e incomparável. Entre alguns bons exemplos que podemos citar, a sequoia é uma árvore que pode chegar a medir mais de 100 metros de altura e ter um peso de dez baleias-azuis, isso sem contar alguns exemplares que já ultrapassaram os dois mil anos de vida. Não é impressionante?

Outras árvores são tão antigas que já presenciaram o nascer do Sol em milhões de oportunidades, como as Bristlecone Pines, com mais de 4.600 anos e que já estavam por aqui na época da construção das pirâmides do Egito ou quando o navegador Cristóvão Colombo desembarcou no continente americano. Contudo, o crescente desenvolvimento urbano ao longo dos últimos séculos vem ameaçando alguns exemplares históricos e que contam a trajetória do nosso planeta. Como defesa, algumas das plantas mais incríveis da Terra desenvolveram estratégias de sobrevivência que iremos acompanhar na sequência.

Baobá

Esta árvore tem a capacidade de criar todo um novo ecossistema ao seu redor, sustentando um ambiente perfeito para várias formas de vida, de insetos a elefantes. A água que fica localizada em seu tronco muito resistente é fundamental no clima seco do continente africano, ou seja, a Baobá consegue sobreviver em condições extremas. Além disso, algumas aves também utilizam os galhos como bases para seus ninhos e até mesmo babuínos se alimentam com os frutos.

© Depositphotos.com / mihtiander Baobá

Cerejeira

Quando as primeiras flores surgem, os japoneses já sabem que a primavera começou. De março a maio, todo o país ganha uma coloração especial, que vai de tons brancos ao rosa, e cria um visual incrível nas cidades e no campo. Para os japoneses, as flores da cerejeira representam beleza e ao mesmo tempo a fragilidade da vida.

flickr.com / mauroguanandi Cerejeira

Bristlecone Pine

Árvore mais antiga do mundo, esta espécie de pinheiro pode ser encontrada a três mil metros de altitude nas montanhas brancas da Califórnia, nos EUA. São espécies que suportam temperaturas congelantes e ventos muito fortes.

flickr.com / Chao Yen Bristlecone Pine

Ipê

Uma das plantas mais incríveis da Terra e símbolo do Brasil, o Ipê floresce e anuncia a chegada da primavera no país no final de agosto. É uma verdadeira explosão de cores sucessivas que começam em tons de roxo, amarelo, branco e, por fim, o rosa.

flickr.com / dany13 Ipê

Figueira Mata Pau

Encontrada em algumas regiões tropicais, como no Pantanal e Amazônia, a Figueira Mata Pau serve de abrigo natural para macacos e várias espécies de aves. O nome vem do processo que ocorre após as sementes da Figueira caírem nos galhos de outras árvores, começando seu desenvolvimento e fazendo com que novas raízes busquem o solo. Com isso, a árvore hospedeira leva um “abraço” da Figueira Mata Pau e não consegue mais transportar a seiva, essencial para sobrevivência.

flickr.com / LEONARDO DASILVA Figueira Mata Pau

Sequoia Gigante

Com mais de 80 metros de altura, 26 metros de diâmetro, 2.100 anos e incríveis 1.814 toneladas, a Sequoia Gigante, que possui o nome de General Sherman, está no livro dos recordes Guinness como a maior árvore do mundo. Está localizada no Parque Nacional da Sequoia, no estado norte-americano da Califórnia.

flickr.com / Mark Doliner Sequoia Gigante

Cipreste Mexicano

Na cidade de Santa María del Tule, no estado mexicano de Oaxaca, está a árvore mais larga da Terra. O Cipreste Mexicano também está no Guinness e sua altura é de 36 metros, o que atrai turistas e curiosos todos os dias do ano.

flickr.com / Rodolfo Araiza G. Cipreste Mexicano

Castanheira

Outro exemplar da rica natureza brasileira, a Castanheira produz sementes que contêm grandes quantidades de gorduras e nutrientes, a famosa castanha do Pará. A casca do fruto, por sua vez, é tão dura que é preciso que um mamífero com dentes afiados e resistentes faça um buraco na superfície para se alimentar. Este processo pode demorar muito tempo e alguns animais acabam desistindo de comer a castanha do Pará, deixando o fruto no chão. Justamente por estar ali, acaba atraindo sapos e insetos.

flickr.com / Tefé Mazé Meirelles Castanheira

Embaúba

Sabia que esta espécie, que pode ser encontrada desde o México até a Argentina, é a primeira árvore que surgiu em terreno aberto? Mas, qual é o motivo? Suas folhas largas conseguem captar muita luz e ter uma taxa de fotossíntese elevada, o que favorece seu crescimento acelerado. Além disso, seus frutos chamam muito a atenção de macacos e aves, o que também facilita sua proliferação pela mata. Já na base de cada folha há boa quantidade de açúcar, o que atrai formigas, que, por sua vez, irão proteger a planta de alguns animais herbívoros.

flickr.com / SantaRosa OLD SKOOL Embaúba

Cajueiro de Pirangi

O maior cajueiro do mundo está em Natal, no Rio Grande do Norte, e apresenta mutação genética que provoca o crescimento ininterrupto de sua copa. Como efeito de comparação, na última medição já apresentava um tamanho igual à de um campo de futebol! Além disso, sua grandeza também é quantificável pelos frutos que o Cajueiro de Pirangi produz por ano: 70 mil.

flickr.com / Rosanetur Cajueiro de Pirangi