Conheça o plantio em curvas de nível e seus benefícios para a agricultura

36.686 Visualizações
Curva de nível
Foto: wikipedia

O plantio em curvas de nível consiste na produção ordenada por meio de linhas com diferentes altitudes do terreno. Essa técnica é essencial para áreas íngremes. O processo ajuda a conservar o solo contra erosões e contribui com o escoamento da água da chuva, fazendo com que ela se infiltre mais facilmente na terra e evite os deslizamentos.

Esse sistema ajuda a reter elementos solúveis do solo e permite o aumento da produção. Dependendo do tipo de inclinação do terreno, os degraus podem ser largos ou estreitos. As curvas de nível ficam ordenadas perpendicularmente à inclinação da encosta e ajudam a conservar os nutrientes do solo, imprescindíveis para o sucesso da plantação. Além disso, equilibra a velocidade da água da chuva, evitando que o cultivo perca também os minerais.

Um dos motivos que tem aumentado a incidência de erosão é a ação humana que, ao interferir no meio natural de maneira errada, acaba provocando uma aceleração do fenômeno. Impermeabilização do solo, desmatamentos, queimadas, urbanização, drenagem de estradas e plantio são alguns dos fatores responsáveis por esse processo.

Preservar o solo com bons hábitos que evitam a erosão é a solução para evitar problemas socioambientais, como deslizamentos, enchentes, assoreamento dos rios, perda de espécies da fauna e da flora, redução da biodiversidade e da área de plantio, dentre outros. Em contrapartida, técnicas agrícolas menos agressivas, como o plantio em curvas de nível, conservam a cobertura vegetal do solo.

Curva de nível
Foto: hrbbdhzq