Chegamos ao esgotamento dos recursos renováveis da Terra. Você sabe o que isso significa?

895 Visualizações

No último dia 29 de julho, atingimos o ponto máximo de consumo dos recursos naturais que poderiam ser renovados.

Isso significa que a partir desta data tudo o que utilizamos para sobreviver em um ano – como água, solo fértil, petróleo e alimentos que o planeta pode nos oferecer –, já acabou. Além disso, emitimos mais dióxido de carbono do que as florestas são capazes de absorver, ou seja, estamos em dívida com nosso planeta.

Esta estimativa foi realizada pela Global Footprint Network, uma organização internacional pioneira em calcular a pegada ecológica – aquela que contabiliza o quanto de recurso natural é usado para suprir as necessidades de cada indivíduo.

O planeta entrou em déficit de recursos naturais em 1970. E, de lá para cá, o esgotamento dos recursos do planeta vêm ocorrendo cada vez mais cedo.  Nos últimos dez anos acontecia em 18 de agosto, no ano passado se antecipou para o dia 1º de agosto e agora batemos um recorde: 29 de julho. É primeira vez que a escassez de recursos é registrada tão cedo.

A emissão de CO2 é uma das maiores responsáveis por isso, representando 60% da pegada ecológica da humanidade.

Quer saber como é a sua pegada ecológica? Acesse esta calculadora e descubra!