Árvores e frutas do cerrado brasileiro

3.910 Visualizações
Cerrado
Foto por: chris.diewald

O cerrado é um bioma que possui alta biodiversidade por ser cortado por três das maiores bacias hidrográficas da América do Sul, e ter índices pluviométricos regulares, ou seja, chove muito na região. Os afluentes dos principais rios brasileiros nascem no cerrado, ou seja, o cerrado é o grande distribuidor e abastecedor deles, podemos destacar o Rio Amazonas e o São Francisco.

Apesar de ser a segunda maior formação vegetal do Brasil, o cerrado, em sua originalidade, abrangia dez estados do planalto central, atualmente apenas 20% deste total faz parte deste tipo de bioma brasileiro.

Também conhecido como savana, o cerrado é típico de regiões tropicais e o clima local apresenta duas estações bem definidas, o inverno seco e verão chuvoso.

O solo do cerrado é rico em ferro e alumínio, mas possui poucos nutrientes. São geralmente profundos, azonados, de cor vermelha, porosos, permeáveis e bem drenados. Além disso, apresenta plantas de aparência seca, com destaque para o cerradão, uma espécie mais densa de vegetação, de formação florestal.

Árvores do Cerrado
Foto: fs.unb.br

O Ministério do Meio Ambiente não tem a informação precisa, mas acredita-se que nesse tipo de bioma existam 10 mil espécies de vegetais. Entretanto, ele foi o que mais sofreu modificações com a ocupação do Homem. Contudo, ainda é possível se destacar uma linda diversidade de frutos e árvores neste bioma.

As árvores do cerrado têm tronco torcido e folhas grossas que ficam em meio a uma vegetação rala e rasteira, chegando a se misturar com as matas. As árvores mais conhecidas do Cerrado são a araçá e o pau-terra. A curiosidade fica por conta dos diferentes tipos de capim que podem nascer embaixo delas. Eles podem alcançar até 2,5 m.

Já as frutas encontradas ali não são muito conhecidas por grande parte da população brasileira, apesar de ter uma grande diversidade de tipos, cores e sabores.

Um estudo feito pela Universidade de Campinas (Unicamp), revelou que frutas deste bioma, têm um valor muito alto de vitaminas, que é o caso da cagaita, rica em vitamina C, e o buriti, rico em vitamina A.

A cagaita pode ser encontrada facilmente em todo o cerrado brasileiro e é consumida tanto em sua forma natural, como em geleias. Sua árvore-matriz pode chegar de três a quatro metros de altura e suas folhas lembram a de uma goiabeira.

Cagaita
Árvore de Cagaita. Foto: ceandf

Já o buriti é uma indicação clara da existência de água na região onde é encontrado. Ele é de grande importância na manutenção de olhos d’água naturais, podendo chegar até a conservar locais alagadiços de água pura e permanente. Esse fruto é rico em vitamina A, B e C, e ainda fornece cálcio, ferro e proteínas. Ele pode ser transformado em sucos, doces e até licores.