O que é energia de biomassa?

10.155 Visualizações
Energia Eólica
Foto: wastatednr

As energias alternativas se tornaram uma opção bastante plausível devido ao acúmulo de danos causados pela exploração exacerbada dos recursos naturais e em decorrência ao fato de que as fontes não renováveis de energia causam maiores danos ao meio ambiente, fazendo com que haja a necessidade de uma energia alternativa, renovável e limpa.

No Brasil, a energia de biomassa representou, segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), 25,4% da produção energética nacional em 2011.

A energia de biomassa provém da matéria orgânica de origem animal ou vegetal, podendo gerar calor, energia elétrica e mecânica. Trata-se da forma mais primitiva de obtenção de energia, pois, nossos ancestrais já utilizavam materiais orgânicos como gravetos para obter calor através da combustão.

A biomassa também é utilizada na produção de outras formas de energia sólidas como: o carvão vegetal; na produção de combustível renovável, como o etanol e o biodiesel; e o biogás proveniente dos aterros sanitários.

Tipos de Energia de Biomassa

Cana-de-açúcar
Foto: marenlervi

A biomassa pode ser classificada segundo sua origem: florestal, onde a principal fonte de energia é a lenha; agrícola, com as produções de soja, arroz, cana-de-açúcar, milho e outros; e resíduos urbanos e industriais, que podem ser sólidos ou líquidos, encontrados nos aterros sanitários e outros meios.

Cada matéria-prima para obtenção de energia de biomassa possui características próprias, variando a quantidade energética e as formas de extração desta energia. Da cana-de-açúcar, por exemplo, é possível extrair o açúcar, o combustível renovável denominado etanol, altamente consumido no Brasil, e ainda dos bagaços da cana já processada é realizada a queima que gera energia elétrica.

Extração da Energia da Biomassa

Existem três técnicas utilizadas para a obtenção de energia a partir da biomassa: combustão, gaseificação e fermentação.

Biomassa
Foto: USDAgov

Combustão: Este é o processo mais utilizado. A combustão da biomassa gera calor e pode produzir energia elétrica.

Gaseificação: Ao transformar a biomassa em estado gasoso se obtém hidrogênio e monóxido de carbono, ambos utilizados pelo setor secundário;

Fermentação: Neste processo são utilizadas bactérias anaeróbicas para extrair metano e dióxido de carbono, está técnica é utilizada nos aterros sanitários.

Biocombustíveis

Os combustíveis ecológicos ou biocombustíveis são derivados de materiais orgânicos. No Brasil, grande parte da frota veicular já opera com etanol, combustível derivado da cana-de-açúcar, enquanto os veículos de transporte de cargas e passageiros utilizam biodiesel feito da extração do óleo de soja e girassol.

Vantagens da energia de biomassa

Biomassa
Foto: fotos_dos_ornelas

As políticas públicas brasileiras têm contribuído para a pesquisa e desenvolvimento de novos processos de extração, novas matérias primas que ajudem a ampliar a produção da energia de biomassa. De acordo com o projeto de lei 3529/12, as companhias que fazem a distribuição de energia elétrica no Brasil serão obrigadas a comprar pelo menos 250 megawatts de energia elétrica produzida pela biomassa a partir de 2014, por um período de 25 anos. Dentre as qualidades da energia de biomassa podemos citar:

● Recurso renovável;

● Aproveita os gases gerados pelos aterros sanitários e resíduos agrícolas;

● É mais economicamente viável do que outras fontes de energia renovável;

● Facilidade de extração energética e aplicação em diversos setores;

● Emite menos gases poluentes que as demais fontes de energia;

● Promove a economia local e diminui os deslocamentos;

● Reaproveita os resíduos antes descartados;

● Possui alta eficiência energética.

Segundo dados do World Energy Council (WEC), em 2005 o Brasil ocupava a 3º posição entre os produtores mundiais de bioenergia e o 1º lugar na produção de etanol. Atualmente o país lidera a produção de biodiesel e possui a maior capacidade instalada para produção de energia derivada da biomassa, mostrando que a energia de biomassa é uma tendência crescente por aqui para os próximos anos e deve complementar a geração de energia hidroelétrica, suprindo as necessidades energéticas justamente nos períodos de seca.