Prédio americano abandona é reformado para abrigar lojas e apartamentos

532 views
Reprodução / Facebook – The Arcade Providence Prédio construído em 1828 foi reformado para abrigar lojas e 48 pequenos apartamentos.

Encontrar um destino para os prédios antigos é um desafio em cidades do mundo todo. Muitas vezes abandonadas, as construções são depredadas, viram moradia para pombos e pessoas em situação de rua e, por sua aparência, acabam desvalorizando a região onde está localizado.

Entretanto, com planejamento e investimento corretos, é possível transformar os prédios antigos e oferecer muitos benefícios para a população local. Foi o que aconteceu, por exemplo, com o Arcade Providence, um dos prédios mais antigos da América e que, até 2008, abrigava um shopping.

Reprodução / Facebook – The Arcade Providence Visão interna do prédio reformado.

Localizado no centro da cidade de Rhode Island e construído no século 19, ao invés de ser fechado, o prédio foi reformado pela empresa Northeast Collaborative Architects (ANC). As variadas lojas que ocuparam o segundo e o terceiro andares do Arcade Providence durante anos deram lugar a 48 microapartamentos, destinados às pessoas com renda mensal inicial de US$ 550.

O projeto foi desenvolvido e adaptado para o uso misto, permanecendo com lojas em seu piso térreo e apartamentos nos dois andares superiores. Os microapartamentos medem de 21 a 42 metros quadrados, contam com banheiro, quarto, armário e uma cozinha equipada com frigorífico, pias, lava-louças e micro-ondas. Eles também possuem as comodidades comuns que todo prédio convencional tem, como sala de jogos, lavanderia, armazenamento de bicicletas e garagem.

Reprodução / Facebook – The Arcade Providence Apartamento do The Arcade Providence.
Prédio é considerado um marco da cidade

Apostando no estilo grego Revival, o prédio foi construído em 1828. É considerado um marco na cidade, listado no Registro Nacional de Lugares Históricos em 1971, pelo seu visual deslumbrante.

O Arcade Providence foi fechado em 2008 e comprado pelo desenvolvedor e entusiasta dessa micro-habitação, Evan Granoff, com planos de transformá-lo em algo moderno, mas respeitando seu visual histórico. Essa nova adaptação do shopping custou cerca de US$ 10 milhões e foi concluída em 2013.

Os interessados em adquirir um dos microapartamentos precisam ter muita paciência, porque a fila de espera é bem longa.

Abaixo você pode conferir um vídeo (em inglês) sobre o projeto.