Home > Arquitetura Verde > Reaproveitamento de Água da Chuva: Ideias e Soluções

Reaproveitamento de Água da Chuva: Ideias e Soluções

26 de abril de 2013
publicado por
Redação

A água é um recurso essencial para a sobrevivência humana, apesar de abundante, a água doce, presente nos rios, lagos e reservatórios subterrâneos, não é distribuída igualmente entre a sociedade. Muitos países sofrem com a escassez hídrica e pessoas morrem todos os anos por falta de água ou por consumo de água contaminada.

Mesmo no Brasil, um país rico em recursos hídricos superficiais e subterrâneos, existem inúmeras regiões onde não há acesso direto a água potável, sendo necessário o abastecimento por caminhões pipa.

Já as localidades atendidas pelo serviço público de abastecimento são obrigadas a pagar pelo tratamento e distribuição da água e pelo esgotamento após o uso.

O reaproveitamento da água da chuva é uma solução de abastecimento gratuito que pode ser utilizado tanto nas regiões de seca, como em locais de maior infraestrutura, a fim de diminuir os gastos com a conta de água.

Além dos benefícios citados, a captação da água da chuva ainda contribui para amenizar os efeitos da falta de área permeável nas grandes cidades, que provocam enchentes e inundações nos períodos de chuvas intensas.

Como funciona a captação de água da chuva?

Reaproveitamento de água da chuva

Foto: Nestlé

Existem diferentes sistemas de captação da água pluvial, mas resumidamente a água coletada pelo sistema de calhas tradicional é direcionada a um tubo de queda de água, onde se encontra um filtro seletor que irá separar os resíduos sólidos (folhas e impurezas que ficam nas calhas), despejando a água filtrada em um reservatório inferior (cisterna) para o armazenamento. A cisterna pode ser subterrânea, sem necessidade de ficar aparente, nela a água passa por um tratamento com cloro orgânico.

Uma bomba direciona a água armazenada na cisterna para o reservatório superior (caixa d’água) onde será distribuída para os vasos sanitários, para a lavanderia e para as torneiras externas. Ambos os reservatórios necessitam de um “ladrão”, um sistema simples que impede a água armazenada de transbordar.

Dimensionamento do Sistema de Captação Pluvial

Para realizar o dimensionamento do sistema de captação e armazenamento de água é necessário levar em consideração: a área de coleta (telhado ou lajes); o clima (índice pluviométrico, períodos de chuva e seca); e o cálculo do consumo diário e das reservas de incêndio. O reservatório superior de água pluvial deverá ter uma ligação com a caixa d’água potável, com registro, nos períodos de seca, quando a captação de água pluvial for insuficiente a água potável irá complementar o abastecimento.

Quais são os usos domésticos da água pluvial?

Segundo as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) presentes na NBR 15.527/2007, que dispõe sobre o aproveitamento da água da chuva nas coberturas de áreas urbanas para fins não potáveis, a água pluvial coletada é indicada para:

Regador

Foto: kriztofor

• Descargas dos vasos sanitários;

• Irrigação de jardins;

• Limpeza de automóveis e áreas externas;

• Lavagem de roupas;

• Abastecimento de fontes e espelhos d’água;

● Como reserva de incêndios.

A água proveniente da captação pluvial NÃO deverá ser ingerida, utilizada no preparo de alimentos ou no banho.

Economia de Água com Sistemas de Captação Pluvial

Com a utilização de sistemas de captação pluvial é possível reduzir em até 60% os gastos com o abastecimento de água. O brasileiro consome em média 185 litros diários de água, destes cerca de 32% são usados na descarga de vasos sanitários e mictórios; 14% na lavagem de roupas; e 8% destinados a lavagem de automóveis, de áreas externas e irrigação.

Custo do Sistema de Coleta e Armazenamento de Água da Chuva

Calculadora

Foto: ThreeOak

O sistema é muito simples, pode ser implantado antes ou depois da obra executada. De acordo com Jack Sickrmann, diretor da empresa AcquaSave, o custo para implantação do sistema de reaproveitamento de água da chuva para novas residências, de 150 à 200 m² varia entre R$ 5.500 à R$ 7.500, já para obras executadas o custo pode chegar á R$ 4 mil.

Porém, o custo total dependerá do projeto, existem diversos modelos de equipamentos e empresas especializadas que fazem a instalação dos sistemas de captação pluvial.

Apesar do alto custo inicial, a redução das tarifas de água e esgoto proporcionadas pelo reaproveitamento de água pluvial compensam ao longo prazo, em apenas três anos a economia equivale ao custo de implantação do sistema.

Outro recurso que visa economizar a água potável é o reuso das águas cinzas, provenientes do banho, lavagem de roupas e torneiras sanitárias, que assim como as águas pluviais podem ser empregadas nas descargas sanitárias, lavagem de automóveis, irrigação de jardins e limpezas gerais.

Comentários

  1. Claudio disse:

    O Reaproveitamento de água pluvial, pode ser feito em Residências, Condomínios e industrias, esta água é coletada por calhas no telhado e encaminhada a uma cisterna…

    1. disqus_pv disse:

      Olá Claudio!!

      Sim, é isso mesmo que acontece. Continue participando e acompanhando o Pensamento Verde.

      Abs.