Maritime Ship Service participa do Programa de Reciclagem de Copos de Polipropileno PP

1.098 Visualizações

Atuando no setor marítimo, onde o desenvolvimento e a necessidade de preservação ambiental devem caminhar juntos, a Maritime Ship Service aderiu ao Programa de Reciclagem de Copos de Polipropileno PP, para que a eles seja dada a destinação correta, sem trazer impactos ao meio ambiente.

A empresa, fundada em 2005 e localizada em Maceió (AL), fornece produtos e serviços para embarcações. Com a participação na ação, promovida pela Braskem (a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas) e a Dinâmica Ambiental (especialista em engenharia reversa e gestão de resíduos), todos os copos descartáveis de PP utilizados pelos colaboradores da companhia serão transformados em resina pós-consumo. O material será utilizado para a fabricação de novos itens, como por exemplo, tampas para cosméticos e utensílios domésticos.
Thiago Nascimento, sócio – administrador da Maritime Ship Service, explica que os clientes da empresa são, em sua maioria, armadores (proprietários) de navios, os quais precisam se adequar cada dia mais às normas dos organismos internacionais, com relação à poluição do mar e do ar. “Dessa forma, a adequação de toda a cadeia, incluindo os fornecedores, que é o nosso caso, é fundamental para a diminuição da poluição e o correto gerenciamento e diminuição de resíduos”, pontua.
Hoje, a empresa reutiliza a água gerada pelo degelo da câmara fria para lavagem do galpão, além de promover a coleta seletiva. Para a destinação correta dos copos descartáveis de PP, os resíduos serão organizados em coletores exclusivos para receberem os itens após o uso. Os recipientes acondicionam os copos em maior quantidade do que uma lixeira comum, o que gasta menos sacos de lixo.

Maritime Ship

Disseminação de conscientização

Nascimento ressalta que a conscientização dos colaboradores da Maritime Ship Service será o maior benefício do Programa de Reciclagem de Copos de Polipropileno PP, pois, além do engajamento próprio na ação, no ambiente corporativo, a consciência acerca da necessidade de destinar corretamente os copinhos descartáveis deve ultrapassar os limites da empresa. “Além de alcançarmos a redução dos recursos naturais envolvidos na produção, também iremos obter uma capacitação dos colaboradores, que replicarão a cultura de proteção ambiental em suas respectivas comunidades”, destaca, completando: “A adesão ao programa se mostrou uma ótima possibilidade de unirmos a utilização correta dos copos por meio dos treinamentos com o correto descarte por meio da reciclagem.”
O sócio – administrador da Maritime Ship Service frisa que a valorização da reciclagem do plástico fomenta a cadeia econômica envolvida, o que acaba contribuindo para a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento econômico do país. “Achamos a iniciativa do programa inovadora e acreditamos no enorme sucesso da ação”, conclui.