Impactos que a qualidade de um simples copo descartável pode causar no consumo, no meio ambiente e no seu bolso

1.099 Visualizações

Parece que a diferença é quase mínima entre os copos descartáveis, mas a qualidade de cada um pode impactar de modo direto no consumo e no meio ambiente. Afinal, um produto de melhor qualidade pode ser usado mais vezes, reduzindo custos, o consumo, o descarte e a destinação dos copos após o uso.

O consumo de copos de melhor qualidade torna o seu uso mais duradouro, já que o produto é mais resistente, difícil de quebrar ou estragar. Diferente dos copos de baixa qualidade, que possuem características de baixa resistência mecânica, muitas vezes obrigando o consumidor a pegar dois copinhos ao invés de apenas um.

Sem contar, que copos de melhor qualidade criam um empilhamento mais uniforme, não ocasionando aquela “famosa situação” em que você puxa 1 copo e saem 2 ou 3 de uma única vez.

Muitas empresas optam por opções mais econômicas, levando em consideração apenas o preço absoluto, sem se atentar ao custo benefício. Essa escolha muitas vezes acarreta em um custo muito maior, mas de difícil percepção.

Sabe aquele gasto no mês que seria maior pelo valor dos copos com maior qualidade? Será menor!

Mas, como assim?

O uso de um copinho de polipropileno (PP) de boa qualidade, por exemplo, dura mais tempo por ser mais resistente se comparado a um copo de baixa qualidade. Em contrapartida, seu preço absoluto é maior do que um outro copinho de plástico de baixa qualidade.

Mas, se feita uma análise crítica, você paga mais caro por um copo de melhor qualidade, mas consome muito menos. Além disso, haverá redução de custos na logística interna de sua empresa, desde o estoque até a distribuição dos copinhos nos dispensers, além do descarte que será menor.

E mais, existem iniciativas de logística reversa e reciclagem para que a sua empresa pratique economia circular, retornando esses copos a sua origem para que os mesmos se transformem em novos produtos.

Lembre-se, analise sempre o ciclo de vida do produto que está utilizando, o barato sai caro!

Conheça o ACV (Avaliação do Ciclo de Vida) dos copos de PP.

Testamos a qualidade dos copos!

O Pensamento Verde fez um teste com dois tipos de copos plásticos, um de baixa qualidade e um de boa qualidade, a fim de testar se essa teoria realmente é verídica.

Percebemos na prática as vantagens de um copo de melhor qualidade!

O copo de PP (Polipropileno)

O copo de polipropileno é mais resistente, com um material brilhante e de qualidade. Suas propriedades consistem em boa resistência térmica, suportando bem o calor. Além de ótima resistência a fraturas, sendo muito mais difícil quebrar e com ótimas propriedades para reciclagem.

O copo em PP, por todas essas características já descritas, possui uma formação mais uniforme, o que garante o empilhamento adequado, fazendo com que os dispensers soltem realmente apenas um copo por vez.

Testamos esse copinho e gostamos muito!

O material realmente é mais resistente e dura muito mais. O copo é mais maleável, você nota a diferença só de olhar, por seu brilho e firmeza. É um copo mais firme e que não quebra. Inclusive, também testamos a resistência apertando e ele não se partiu ao meio, ficou intacto! Ponto positivo para o copo de PP 🙂

Além disso, conseguimos usar o mesmo copo para a água por mais vezes, o que gerou economia em nosso escritório, além da redução de copos descartados. Seu preço, claro, foi um pouco mais salgado, mas o consumo dentro do escritório foi bem menor, ou seja, o caro saiu barato com uma qualidade especial de bônus.

Sem esquecer, que o copo de PP é um copo 100% reciclável, que pode ser reciclado a fim de ser transformado em resina pós-consumo para a fabricação de novos produtos. Ótimo!

Considerações finais do PV

Escolher produtos de boa qualidade, analisando seu ciclo de vida e conscientizando os colaboradores, que o não desperdício é fundamental para o meio ambiente pode reduzir custos!

E mais uma dica para as empresas que desejam reciclar os copinhos após o seu descarte, a Braskem iniciou um programa junto a empresa Dinâmica Ambiental, que promove a importância do descarte correto e da reciclagem, agregando cada vez mais valor a cadeia do plástico.

O programa conta com o apoio de empresas preocupadas com o meio ambiente como Altacoppo (com sua marca também em PP, que é Ecocoppo), Copobras e Jaguar Plásticos.

Conheça o Programa de Logística Reversa de Copos Plásticos de Polipropileno (PP): Wecycle