Usina Solar integrada a um edifício é inaugurada em SC

318 views
Usina Megawatt Solar.

Reconhecida como a maior usina solar integrada a um edifício da América Latina, a Usina Megawatt Solar, instalada em Florianópolis, tem 8,3 mil m² e é capaz de produzir até 1,2 gigawatt-hora (GWh) por ano. Aproximadamente 540 residências da Capital já estão sendo abastecidas pela energia gerada no complexo.

A estrutura presente na sede da Eletrosul, é fruto de uma parceria entre a empresa e o governo alemão, por meio do banco KfW, que financiou o empreendimento de R$ 9,5 milhões. A ideia do projeto é incentivar moradores e empresas a fazerem uso de energia solar, que é renovável e limpa.

Ao todo, 4,2 mil módulos fotovoltaicos foram instalados, capaz de abastecer 1,8 mil pessoas. A energia gerada fica conectada às centrais da região, o que permite o abastecimento local.

Para o funcionamento, os painéis solares recebem a radiação do sol. A energia gerada é transmitida para conjuntos de inversores de frequência e depois segue para o transformador de potência. Este, por sua vez, eleva a tensão de saída dos inversores para a tensão padrão da concessionária. Com o processo finalizado, a energia é levada para a central de distribuição, chegando aos consumidores finais.

Além das residências, os consumidores livres, como empresas e shoppings, poderão comprar a eletricidade por meio de leilões. De acordo com os idealizadores, a ideia não é apenas a comercialização, mas também a difusão de um novo conceito que atenda à crescente demanda da sociedade por energia renovável. O primeiro leilão, que deve vender 800 Megawatts-hora/ano, será realizado ainda este ano.

Custo alto impede disseminação

Apesar de sustentável, esse tipo de usina tem alto custo. A expectativa é que daqui alguns anos isso se torne mais viável financeiramente, assim como ocorreu com a eólica. Especialistas apontam, ainda, que é necessário, além de produzir equipamentos no país, melhorar a eficiência dos módulos para tornar essa energia mais barata.

Além disso, o Brasil ter grande vantagem em relação às condições climáticas de outros países para geração de energia solar, no entanto, existem impasse econômico e burocrático a ser enfrentado. Neste contexto, são destacados os problemas com regulação e financiamento.

Divulgação Usina Megawatt Solar.