EUA e China anunciam acordo para a redução das emissões de gases

604 views
Depositphotos EUA e China respondem juntos por 45% das emissões mundiais de gases estufa.

O presidente da China, Xi Jinping, e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciaram, nesta quarta-feira (12), em Pequim, um acordo histórico para reduzir a emissão de gases do efeito estufa.

A China, maior emissor mundial, responsável por 29% dos gases lançados, se comprometeu, pela primeira vez, a atingir um teto para suas emissões até 2030. O país também assumiu o compromisso de aumentar para 20% a produção de energia através de fontes limpas.

Já os EUA fixaram como meta a redução entre 26% e 28% das emissões até 2025 em relação aos níveis de 2005.

As metas foram anunciadas a um ano da conferência do clima em Paris, onde se espera um acordo global. O objetivo da cúpula climática, agendada para o final de 2015, é limitar o aquecimento global a 2 graus Celsius através da cooperação de todos os países.

Apesar de responderam por quase metade (45%) das emissões globais de CO2, as medidas tomadas pelos dois países, segundo cientistas, não são suficientes para atingir essa meta.

O anúncio feito pelas duas maiores potências mundiais é mais um avanço histórico para a luta contra as mudanças climáticas. No começo do mês, a União Europeia, responsável por 11% das emissões, se comprometeu a reduzir em pelo menos 40% até 2030, em relação aos níveis de 1990.