Crianças norte-americanas têm aulas de educação ambiental dentro da floresta

770 views
Aula na Floresta
Foto: facebook

Aprender disciplinas como português, matemática, história e geografia é essencial para a formação de cada indivíduo, porém, atualmente, ensinar as novas gerações sobre ecologia e sustentabilidade é tão importante quanto o “bê-á-bá”. Por isso, na cidade de Seattle, em Washington (EUA), foi criado o centro de aprendizagem ambiental de IslandWood, visando possibilitar que crianças tenham acesso à educação ao ar livre e contato com a natureza.

Em 1999, observando a existência de terras intocadas pelo homem no sul de Bainbridge Island, uma ilha próxima à Seattle, Debbi Brainerd, graduada em ciência molecular e biologia celular, constatou que seria necessário preservar espaços verdes como este no planeta Terra. Sendo assim, Debbi sugeriu ao seu marido, Paul Brainerd, que construísse uma pequena casa na qual pudessem ensinar aos mais jovens sobre como conservar o meio ambiente.

Dando início ao programa de aprendizagem ecológica no ano 2000, o principal ambiente de ensino foi erguido a partir de materiais de baixo impacto ambiental, como bambu, madeiras certificadas, alguns tipos de pedras e componentes reciclados. O local também possui abastecimento de eletricidade através de painéis solares, no intuito de mostrar à meninada as formas de produção de energia limpa e o funcionamento de dispositivos fotovoltaicos.

Aula na Floresta
Foto: facebook

“Quando começamos o projeto, uma das ideias foi usar a arquitetura para educar”, explica Debbi. Em 2002, o casal contou com a cooperação de alunos do curso de arquitetura paisagística da Universidade de Washington para ensinar sobre design sustentável para mais de 250 crianças matriculadas na quarta, quintal e sexta série do ensino fundamental.

Afirmando que as crianças “abraçaram a causa”, Debbi relata que “muitas das ideias que a garotada deu foram integradas ao programa”. Exemplos disso são a construção de uma ponte, uma casa na árvore e uma sala de aula flutuante, isto é, uma espécie de balsa que percorre os cursos d’água locais, na qual os jovens recebem ensinamentos sobre a vida aquática.

Aula na Floresta
Foto: facebook

Além disso, o centro de aprendizagem ambiental desenvolveu a Living Machine, uma forma ecológica de tratamento de água criada para executar as funções de limpeza de zonas úmidas, ou seja, um tipo de estufa onde são cultivadas plantas que auxiliam a purificação dos recursos hídricos do estabelecimento.

Com um terreno de aproximadamente 100 hectares e mais de uma década de funcionamento, a IslandWood recebe cerca de 12.000 alunos, de 160 escolas, anualmente, contribuindo cada vez mais para a formação de uma sociedade nota “10” em boas práticas de sustentabilidade e consciência ecológica.