Comunidades do Amazonas passam a ter energia elétrica durante o dia inteiro

399 views
Energia Solar
Foto: jumanjisolar

Moradores ribeirinhos do Amazonas sempre sofreram com a escassez de eletricidade. Era comum apenas a viabilização de 11 horas de energia às escolas, centro de saúde e comércio local, e somente quatro horas para as residências. No entanto, após a criação da vila sustentável com o apoio da Schneider Eletric – empresa francesa especialista em gestão de energia – no local, os moradores de duas comunidades tiveram a oportunidade de receber energia elétrica o dia inteiro após instalação de painéis solares que captam luz solar transformando-a em energia. O método substitui o uso do diesel que abastece geradores e ainda reduz emissão de CO2.

Graças à implantação do projeto Villa Smart realizado por meio de uma parceria público-privada (PPP), foi possível instalar painéis fotovoltaicos, responsáveis pela captação solar e produção da demanda energética, a qual fica armazenada em baterias. Além disso, o método dispensa o uso do diesel – combustível mais poluente – para manter geradores convencionais funcionando.

Quem saiu ganhando com isso primeiro foi a natureza e, consequentemente, os moradores. Antes do projeto, o consumo de combustíveis fósseis era de 1.200 litros de diesel por mês e as emissões de CO2 somavam duas toneladas. Após o surgimento da vila sustentável houve 50% de redução no consumo do diesel por mês e as emissões caíram pela metade.

Os moradores tiveram custos com energia bastante reduzidos. O gasto mensal familiar médio com energia elétrica era de R$ 140,00. Depois da implantação da vila no ano passado, eles passaram a pagar R$ 55,68, uma redução de 40%.

Energia solar
Foto: Depositphotos

A iniciativa trouxe formação técnica para 19 comunidades da região. Além disso, após a implantação dessa tecnologia pelo Brasil, o potencial de atendimento da empresa pode chegar a 40 mil comunidades até o ano de 2020.

Este programa é mais uma das iniciativas que promovem o uso da energia solar, como o que já ocorre com a China, recordista mundial em instalação em projetos de energia solar, que produziu 12 gigawatts e tem meta de chegar a 14 GW em 2014. Além do país asiático, o Chile é outro exemplo, pois, ultrapassou sua meta de produção e já chegou a 102 megawatts (MW) em 2014. No entanto, para que esta fonte de eficiência energética atinja a todos os brasileiros, investimentos do governo na questão precisam ser mais presentes.

Empresa: Schneider Electric Brasil Ltda

Case: Projeto Villa Smart

Responsável: Denise Lana, Gerente de Sustentabilidade.