Como funciona a reciclagem de madeira?

9.193 views
Madeira Certificada
Foto: angela7

Assim como em qualquer processo de transformação de matéria-prima em móveis e objetos que serão usados pelo consumidor final, o processo de extração da madeira também gera resíduos – seja na retirada das árvores da floresta, no transporte, na serraria ou na indústria. Estes resíduos podem ser reutilizados e reciclados, permitindo novas utilizações, de maneira criativa e sustentável.

A reciclagem de madeira apresenta soluções viáveis e interessantes no âmbito da sustentabilidade, pois permite a captação de renda àqueles que trabalham com esse tipo de reciclagem, ao mesmo tempo em que diminui a necessidade do corte de árvores e descarte de madeira no meio ambiente.

No recolhimento dos resíduos, a madeira passa por um processo de separação, trituração e retirada de impurezas presentes nos materiais – fitas metálicas, pregos, parafusos. Parte dela pode ser destinada à trituração em partes menores, até serem transformadas em lascas de madeira, cujo uso como serragem é altamente amplo:

• Para forrar o chão de abrigo de animais – hípicas, galinheiros, animais de fazenda e zoológicos;

• Adicionada a compostos específicos – pode ser usada como fertilizante, pois possui grande quantidade de carbono;

• Como combustível para aquecimento de fornos e caldeiras na indústria, ou mesmo forno a lenha de churrascarias e pizzarias;

• Uso nas indústrias de celulose para fabricação de determinados tipos de papéis;

Mesa de centro de pallet
Foto: Blog Casa que tem

Os móveis e outros materiais que já passaram por algum processo de transformação e que não são destinados à serragem podem ser reutilizados, principalmente dentro de casa: pallets se tornam estrados de camas, caixotes viram estantes e porta CDs, troncos podem ser usados como bancos, além de esculturas e objetos de decoração que são peças únicas e originais. Essa iniciativa agrega novos valores aos materiais – agora de alta decoração – que não dispensam criatividade e beleza rústica.

Embora o processo de separação, trituração, limpeza e seleção das peças de madeira seja trabalhoso e demorado, os benefícios da reciclagem de madeira são incomparavelmente maiores às desvantagens, como a minimização do uso de recursos naturais, economia de energia e matérias-primas, geração de emprego e renda e incentivo aos conceitos sustentáveis.