Shoppings investem em compostagem e reciclagem

80 views

Restos de comida deixam de ir para os aterros para serem transformados em adubo orgânico

Um estudo da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), em parceria com a FGV (Fundação Getúlio Vargas), revelou que cada família desperdiça, em média, 128 quilos de alimentos por ano. Imagine isso nos grandes centros de compra, que reúnem um grande número de pessoas diariamente?

Pensando em modificar esse cenário, alguns shoppings estão investindo no reaproveitamento dos alimentos, transformando-os em adubo orgânico. É o caso do Shopping ABC, em Santo André. Desde janeiro de 2019 o centro de compras conta com um projeto de Gestão de Resíduos, no qual incentiva o descarte consciente do lixo produzido nas suas dependências. De acordo com o Coordenador de Operações, Guilherme Matos, de 100% de todos os resíduos gerados no empreendimento – que corresponde a uma média de 80 toneladas por mês – 53% desse volume é segregado e reciclado. “Estamos falando em 42,4 toneladas que não enviamos para aterro sanitário”, afirma.

Todo o alimento coletado nesta ação é depositado em uma máquina de compostagem acelerada, que fica nas próprias dependências do shopping. Lá, os restos de comida são transformados em adubo orgânicos. De todo o adubo que é gerado no local, parte é utilizada na própria horta do shopping e no muro verde e o excedente é doado para os visitantes da Ecoloja, localizada no piso 02 do shopping, onde o público pode retirar gratuitamente o adubo orgânico. Quando há uma produção muito grande, o shopping também doa o adubo excedente para projetos da prefeitura de São Paulo e da ONG SOS Mata Atlântica.

A horta do shopping, de cem metros quadrados, é mantida pelos próprios funcionários, que se revezam nos cuidados. Os produtos gerados no cultivo, como alecrim, beterraba, alface, manjericão e coentro, são divididos entre eles e, segundo Matos, o próximo passo será ampliar a horta para que mais pessoas tenham acesso aos alimentos. “Além de incluir os funcionários terceirizados na distribuição, a nossa ideia será também destinar os alimentos para ONGs”, explica Matos.

Telhado Verde

Outro shopping de São Paulo que vem investindo na compostagem de alimentos é o Eldorado. Desde 2012 o centro de compras possui um projeto de compostagem, que tem o objetivo de destinar ecologicamente cerca de 1 tonelada de alimentos que iriam para o lixo.

Diariamente nas praças de alimentação os lixos reciclável e orgânico são separados e seguem para unidades de tratamento específicas. As sobras de alimentos recebem enzimas – que aceleram o processo de compostagem e retiram o odor desagradável – para serem transformadas em adubo, que é usado em uma grande horta, no telhado do Shopping.

No local são produzidos legumes e verduras livres de agrotóxicos e destinados aos próprios colaboradores do Shopping Eldorado. Desta forma, o projeto trabalha com o tripé da sustentabilidade: ambiental, econômico e social.

Ações sustentáveis

Primeiro grande centro de compras do Vale do Paraíba, o Centervale Shopping também desenvolve vários projetos de responsabilidade socioambiental. Um deles é o ‘Escola Ambiental’, que recebe escolas e empresas que desejarem conhecer de perto as ações de redução do impacto ao meio ambiente e incentivo ao desenvolvimento local. Entre as atividades que os visitantes poderão conhecer, estão: a compostagem (que transforma cerca de 1,5 tonelada de resíduos em adubo, que é utilizado para fertilização da área paisagística e horta), a Fábrica de Sabão, o Centro de Valorização de Resíduos (CVR), a Estação de Tratamento de Efluentes, além da Compostagem Natural e da Compostagem Acelerada e a Horta. Todos os visitantes do projeto levam para casa um pouco do composto orgânico. Os interessados em participar do ‘Escola Ambiental’ devem entrar em contato com o CenterVale Shopping pelo telefone (12) 3924-3026 ou pelo e-mail atendimento@centervale.com.br.