Exercícios de alta intensidade podem ajudar a memória

203 views

Um estudo publicado na revista Applied Physiology, Nutrition, and Metabolism indica que realizar atividade física de alta intensidade pode melhorar em 30% a memória

Que praticar atividade física é bom, todo mundo sabe. Mas um estudo recente, publicado na revista científica Applied Physiology, Nutrition, and Metabolism, sugere que os exercícios de alto impacto podem contribuir para melhorar a memória de pessoas com idade avançada.

Além disso, praticar atividade física regularmente também ajuda no fortalecimento dos músculos e na perda de peso (quando necessária), além de aliviar o estresse.

Sobre o estudo

Para este estudo os pesquisadores contaram com a participação de 64 idosos sedentários, com idades entre 60 e 88 anos, divididos em três grupos. O primeiro recebeu treinamento de alta intensidade; o segundo realizou treinamento contínuo e moderado; e o terceiro fez apenas alongamentos. Antes e após as atividades os participantes tiveram a memória avaliada através de técnicas específicas.

Após realizar todos os testes, os pesquisadores descobriram que os idosos que participaram do treino de alta intensidade tiveram uma melhora no desempenho de memória em 30%. Já o grupo que se exercitou moderadamente não apresentou nenhuma melhora.

Este estudo é um importante passo para a prevenção de doenças caracterizadas pelo declínio da memória, como a demência. Se idosos saudáveis ​​puderem praticar exercícios mais intensos, esta certamente será uma maneira viável e relativamente fácil de prevenir o declínio cognitivo, que costuma dar os primeiros sinais por volta dos 50 anos de idade.

Como começar a praticar atividade física?

Antes de sair se exercitando, é importante seguir uma programação de treino, elaborada e supervisionada por um profissional da área. Caso haja alguma restrição, como doenças cardiovasculares, osteoarticulares, entre outras, é importante consultar o médico que, certamente, solicitará os exames preventivos.

É importante ressaltar que um corpo saudável não se conquista somente com a prática de atividades físicas. Reduzir o consumo de açúcares e gorduras, além de ingerir água com mais frequência, são atitudes que contribuem para uma vida e uma velhice mais saudável.