Saiba o que é poluição química

2.564 Visualizações
Resíduos industriais
Foto: colefar

Muito se fala sobre a poluição, mas você sabe o que é poluição química de fato? Entende-se como poluição ações introduzidas pelo homem que provocam, direta ou indiretamente, um efeito negativo no equilíbrio do ambiente causando danos à saúde humana, em outros seres vivos e no ecossistema.

Os tipos de poluição se diferem pelos agentes poluidores, normalmente designados por poluentes, podendo ser de natureza química, genética e energética (luz, calor, radiação, etc.).

A poluição mais comum é a química, que é basicamente todo o lixo que a humanidade descarta. São exemplos dessa poluição efeitos causados por:

• Esgotos domésticos;

• Resíduos industriais;

• Qualquer tipo de lixo descartado de maneira incorreta.

A decomposição de materiais químicos provocam inúmeras reações que desequilibram o ambiente em que estão presentes. Compostos com altas concentrações de fósforo, enxofre, entre outros, dão origem a substâncias que podem alterar significativamente o meio.

Lixo
Foto por: epSos.de

Os químicos inorgânicos – na maioria contaminante – dos rios urbanos podem apresentar complexos químicos de boro, bário, cádmio, cloro, cobre, cromo, flúor, fósforo, ferro, manganês, magnésio, nitritos e nitratos, chumbo, selênio, sulfatos e zinco, além de outros. Vários desses produtos são resíduos das atividades agropecuárias e da agroindústria.

Também se torna poluição urbana qualquer tipo de produto que a água da chuva pode deslocar para uma área onde não deveria receber tal substância. Quando isso acontece ocorre uma reação química entre a substância e os organismos vivos presentes na área.

Os poluentes químicos são divididos em:

a) Biodegradáveis – São produtos químicos que ao final de um tempo, são decompostos pela ação de bactérias. São exemplos de poluentes biodegradáveis o detergente, inseticidas, fertilizantes, petróleo, etc.

b) Persistentes – São produtos químicos que se mantém por longo tempo no meio ambiente e nos organismos vivos. Estes poluentes podem causar graves problemas como a contaminação de alimentos, peixes e crustáceos. São exemplos de poluentes persistentes o DDT (dicloro-difenil-tricloroetano), o mercúrio, etc.

co2
Foto: pixabay

Gases liberados por queima de combustíveis e derivados de carvão e petróleo também é uma poluição química, desestabilizando a camada de ozônio e causando o efeito estufa. O Brasil é o 16º país que mais libera gás carbônico para gerar energia no mundo.

Os países mais afetados pela poluição química são: Estados Unidos, China, Indonésia, Brasil, Rússia, Índia, Japão, Alemanha, Malásia e Canadá.

Outros tipos de poluição, além da química, são: biológica, térmica, sedimentar, radioativa, atmosférica, hídrica, sonora, visual e luminosa.