Natureza e tecnologia: conheça a biomimética e seus produtos

998 views
dusantos_bh Lente olhos-de-peixe.

O velcro foi criado quando o suíço George Mestral observou em microscópio as sementes que estavam grudadas no pelo de seu cachorro. Ele descobriu que as pequenas partículas tinham ganchos que eram eficazes em se fixar em tecidos e os reproduziu comercialmente. Esta é a mais conhecida experiência da biomimética, uma ciência que estuda os princípios criativos da natureza.

Milhares de produtos e de soluções foram criados ao se observar como os animais, as plantas e os insetos se comportam e se renovam em seu habitat. Ao longo da história a natureza se adaptou às mudanças com estratégias inteligentes e criativas. Quando engenheiros e estudiosos compreenderam o ambiente natural como uma excelente fonte de conhecimento, passaram a utilizá-lo como inspiração.

Natureza e tecnologia se fundiram para criar soluções sustentáveis e duradouras na química, na medicina, na arquitetura, na agricultura, nos transportes e em diversas outras áreas do conhecimento. Conheça algumas ideias da biomimética:

• As lentes olhos-de-peixe foram criadas após observarem que os olhos dos peixes eram arredondados com a parte da frente achatada, o que permitia uma visão ampla, quase panorâmica do ambiente.

• Os tubarões nadam mais rapidamente porque possuem escamas com pequenas elevações que reduzem o atrito da água. Pensando nisso, foram criadas microcanaletas nos maiôs de nadadores profissionais, melhorando muito o tempo de prova desses atletas.

• Usado em veículos, o olho-de-gato é um sinalizador formado por prismas de plásticos que refletem a luz dos faróis de outros carros. Este objeto foi inspirado nos olhos dos felinos, que possuem células refletoras atrás da retina e, por isso, brilham no escuro.

• Isaac Newton avançou no estudo da teoria da gravidade depois de notar a trajetória das maçãs que caíam das árvores no pomar.

jmarconi Cupinzeiro.

• Os trens-bala faziam muito barulho para se locomover até que um de seu engenheiros observou um martin-pescador. O formato em V do bico do pássaro diminui o atrito do ar e fura a água sem fazer estardalhaço. A mudança na frente dos trens ajudou a diminuir o ruído e a torna-los 10% mais rápido e 15% mais econômicos.

• Os cupinzeiros, capazes de manter a temperatura constante sob a forte variação do deserto foram base para a criação de um prédio com ventilação invejável que dispensa ar-condicionado. O Eastgate Centre foi construído em 1996 em Harare, no Zimbábue. O prédio foi projetado pelo engenheiro Mick Pearce.

• Superfícies autolimpantes são inspiradas nas propriedades da flor de lótus que nasce no lodo e se mantém sempre limpa.