A importância da reeducação ambiental para o futuro do planeta

4.122 views
Água
Foto: © Depositphotos.com / pressmaster

A reeducação ambiental é aquela que ajuda a desenvolver nos indivíduos conhecimentos, habilidades e atitudes relacionadas à preservação do meio ambiente para amenizar as consequências das ações do homem sobre o meio em que vive.

Essa reeducação ambiental é extremamente necessária para a garantia do futuro do planeta com os recursos naturais que ainda temos hoje: água potável, estabilização da emissão de gás carbônico na atmosfera, amenização da contaminação do solo por lixões e aterros sanitários, etc.

Ela pode ocorrer em qualquer ambiente, seja em escolas, empresas, órgãos públicos, universidades, e ser difundida em todos os níveis educacionais, culturais e sociais. O foco, entretanto, é atingir as crianças e jovens em idade escolar, com o apoio dos professores no desenvolvimento de projetos ambientais voltados à preservação e uso sustentável dos recursos naturais.

A importância da mudança de rumo no que diz respeito ao futuro do planeta é eminente, tanto quanto a resistência a essas mudanças por parte do mundo das indústrias. A adoção de práticas que visam a sustentabilidade e a diminuição dos impactos que a atividade humana tem no ecossistema tem gerado fortes, amplos e profundos debates entre indivíduos e órgãos em todo o planeta – sinal de que as consequências do uso irracional dos recursos estão afetando não só o meio em que estão localizados os agentes poluidores.

Ao aplicar-se uma política que oriente e conscientize a reeducação ambiental voltada à sustentabilidade nas escolas primárias, é possível direcionar a mentalidade dos futuros profissionais para o uso racional dos recursos, bem como convencer as corporações e produtores rurais de que as práticas, se adotadas, não afetarão o lucro de seus empreendimentos, mas poderão criar diferenciais perante a concorrência que alavanquem seus negócios.

Consumo de Energia
Foto: Jamelah

É possível iniciar essa reeducação no próprio ambiente doméstico, ao adotarem-se práticas de redução, reutilização e reciclagem de água, energia elétrica, combustível e outros materiais utilizados no lar.

Além da preservação do meio ambiente, a reeducação ambiental considera também os indivíduos e comunidades afetados pelas atividades industriais e que estão sujeitos aos danos dos agentes poluidores, ou seja, há uma preocupação para a diminuição da vulnerabilidade dessas pessoas.