Conheça a tinta térmica e como ela pode ajudar o meio ambiente

1.477 views
Tinta térmica
Foto: infoescola

Inicialmente, a tinta térmica foi desenvolvida pela NASA para revestir navios, aeronaves e tubulações com o objetivo de diminuir o calor dentro das estruturas, pois reflete os raios solares e evita que o ambiente fique quente. Feita à base de água, a tinta térmica é composta por milhares de microesferas ocas cheias de vidro, com ar em seu interior. Cada microesfera é cerca de mil vezes menor do que um grão de areia.

O material é um excelente isolante térmico e impermeabilizante e, assim, rapidamente ganhou outro emprego: na construção civil. Por ser mais barato do que a espuma de poliuretano (material derivado do petróleo) e mais sustentável, esse composto se popularizou nos Estados Unidos, que lideram o ranking de edificações que utilizam a tinta térmica.

Atualmente, o Brasil ocupa a quarta colocação de países com construções verdes, sendo 100 edificações com certificado internacional LEED – Leadership in Energy and Environmental Design. Destes, 80 empreendimentos ficam no Estado de São Paulo.

Benefícios para o meio ambiente

Apesar de poder ser usada em qualquer superfície, o efeito da tinta térmica é potencializado quando aplicado no revestimento de telhados. Com isso, a redução é de 60% no consumo de energia elétrica e pode substituir o ar condicionado ao refrigerar casas, prédios, empreendimentos comerciais, galpões etc.

Além da redução no gasto de energia elétrica, a tinta térmica é uma forte aliada da natureza e pode ajudar o meio ambiente, pois diminui em 84% a radiação no telhado, reduz em cerca de 10% a 15% a temperatura por telha, melhora o isolamento acústico e dispensa o uso de produtos químicos em sua composição.

Tinta térmica
Foto: frigs

A utilização desse material veio em boa hora, uma vez que a concentração de gases que causam o efeito estufa e contribui para o aquecimento global bateu recorde em 2012, aumentando em 32% a força radioativa, segundo informações da ONU – Organização das Nações Unidas.

Algumas empresas brasileiras já descobriram o valor sustentável e o baixo custo de fabricação da tinta térmica e estão investindo na produção do produto.

A durabilidade do material é de aproximadamente cinco anos e pode ser aplicado por empresas especializadas ou pelo próprio dono do local. Após esse período é necessário fazer a manutenção para garantir a eficácia e os benefícios da tinta térmica.