Conheça o trabalho do Global Reporting Initiative (GRI)

1.067 views
Sustentabilidade
Foto: ipeacemeal

Fundada em 1997 pela CERES e pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, a Global Reporting Initiative (GRI) é uma organização não governamental composta por uma rede de multistakeholders, que envolve as diversas partes interessadas sobre o desenvolvimento sustentável.

A ONG surgiu a partir da reunião de ambientalistas, ativistas sociais e representantes de fundos sociais e é responsável pelo desenvolvimento e promoção da elaboração de relatórios de sustentabilidade, cujo objetivo é integrar a divulgação do desempenho ambiental, social e de governança das instituições.

Com o aumento da preocupação ambiental e das mudanças de hábitos mundial, as empresas perceberam a necessidade de adotar os relatórios como uma ferramenta importante para medir desempenhos, estabelecer objetivos, monitorar mudanças operacionais e comunicar impactos ambientais e sociais, positivos e negativos.

Os relatos também são uma plataforma poderosa para melhorar a reputação, a fidelidade à marca e para ajudar seus stakeholders, também conhecidos como público estratégico, a compreender os impactos, influenciando diretamente na estratégia e política de gestão em longo prazo e planos de negócios.

Para isso, a GRI desenvolveu uma estrutura que estabelece os princípios e indicadores que as organizações podem usar para medir e comunicar seu desempenho. Essas diretrizes estão disponíveis gratuitamente para o público.

A estrutura compreende as Diretrizes, os Suplementos Setoriais, os Limites do Relatório e os Protocolos Técnicos. O modelo pode ser aplicado por qualquer organização, independentemente do tamanho, tipo, setor ou de qualquer região.

Foto: asianjournal
Foto: asianjournal

Além de grandes empresas, o setor público já mostra um movimento a favor dos relatórios GRI. Algumas cidades planejam criar ou já criaram os seus próprios relatórios de sustentabilidade, a fim de analisar seus impactos e formas de melhorias.

Para acompanhar o número de relatórios de sustentabilidade no mundo, a GRI conta com uma lista de relatórios, cadastrada no site. Esse catálogo coleta e rastreia os dados críticos relacionados a relatórios.

No Brasil, a difusão das diretrizes da GRI e sua aplicação conta com a parceria entre UniEthos, GVces – da Fundação Getúlio Vargas –, e BSD Consulting Brasil, o primeiro consórcio no mundo a ser certificado para ministrar a oficina de capacitação em GRI.