Alemanha pretende banir carros movidos a combustão até 2030

377 views
© Depositphotos.com / ssuaphoto Objetivo é levar todos os países da União Europeia a tomarem a mesma iniciativa.

O Conselho Federal da Alemanha (Bundesrat) aprovou, recentemente, uma resolução que promete revolucionar a relação do país com os automóveis. Trata-se do projeto que pretende acabar com a circulação de veículos movidos a combustão até 2030 em toda Alemanha, proibindo a fabricação de novos motores deste tipo.

De acordo com o legislador do Bundesrat, Oliver Krischer, encarregado pelas políticas de meio ambiente do partido verde, a resolução é mais uma das atitudes necessárias para que o país cumpra com as exigências acordadas entre os países signatários no Acordo de Paris, no ano passado.

“Se o Acordo de Paris para reduzir os avanços do aquecimento global deve ser levado a sério, novos carros com motor de combustão não devem ser permitidos nas estradas depois de 2030”, disse Spiegel durante o anuncio da resolução.

Vale destacar, inclusive, que a resolução recebeu apoio interpartidário, mesmo que não incida na esfera legislativa, e solicita que a Comissão Europeia estenda a proibição dos veículos movidos a combustão para todas as nações da União Europeia. Em conjunto, o projeto exorta a Comissão Europeia a “rever suas atuais práticas de tributação e encargos, no que diz respeito ao estímulo à mobilidade sem emissões”.

Caso a proibição venha a ser mesmo confirmada, os cidadãos alemães terão à disposição no mercado automóveis elétricos ou modelos de carro movido a hidrogênio. Desta forma, a expectativa é de que as grandes montadoras germânicas, como os casos da Volkswagen e da Audi, desenvolvam novos modelos populares já adaptados aos novos padrões.