Pesquisa revela que educação melhora a reciclagem de plásticos

405 views

Pesquisa foi realizada com mais de cinco mil pessoas nos Estados Unidos, México, Espanha e Reino Unido

Um relatório lançado pela fornecedora de embalagens norte-americana Hi-Cone, e publicado em março deste ano, mostrou a necessidade da educação contínua e facilidade de acesso a programas educativos e instalações próprias para a coleta seletiva, para que a reciclagem do plástico seja bem sucedida.

O relatório intitulado State of Plastic Recycling, pesquisou mais de 5 mil adultos nos Estados Unidos, México, Espanha e Reino Unido, buscando compreender os seus comportamentos, conhecimentos e atitudes em relação à reciclagem de embalagens de plástico.

A necessidade de educação continuada e maior acesso a programas e instalações emergiram como temas centrais entre os entrevistados, com apenas 31% compreendendo o significado do termo “economia circular”.

Apesar dessa falta de certeza, a maioria das pessoas indicou comportamentos pessoais alinhados aos objetivos da frase. Mais da metade (61%) disse que recicla boa parte de seus resíduos plásticos. Em todos os países, a proporção relatada dessa prática foi de nove para um.

Já 78% dos entrevistados indicaram que o aumento das instalações ou orientação para a reciclagem os influencia positivamente a reciclar o plástico com mais frequência.

Essas descobertas indicam a possibilidade de as partes interessadas da indústria educarem e envolverem mais o público, bem como um potencial entre os consumidores, para uma maior participação.

Realidade brasileira

O que essa pesquisa mostra não é muito diferente da nossa realidade aqui no Brasil. Uma pesquisa realizada pelo Ibope em 2018 mostrou que 66% da população sabe pouco ou nada sobre coleta seletiva, e que 39% não separam o lixo.

É por isso que os governos, escolas e empresas têm um papel fundamental nesta questão e podem contribuir, com ações efetivas, para levar informação às pessoas e elevar os índices da reciclagem (principalmente do plástico).

E uma das maneiras de educar a população é facilitando o acesso à reciclagem no seu dia a dia. O Programa de Reciclagem de Copos Descartáveis é uma das maneiras de se fazer isso. Criado pela Braskem, em parceria com a Dinâmica Ambiental, o programa já agrega dezenas de empresas que destinam corretamente os seus copos plásticos descartáveis e incentivam os seus colaboradores a praticarem a reciclagem.

Tanto os colaboradores das empresas como os demais envolvidos no processo de destinação dos resíduos, recebem treinamento sobre o processo de descarte. Além disso, a empresa recebe uma consultoria que a auxilia na redução de custos e na melhoria da gestão dos recursos naturais, aplicando na prática os conceitos da economia circular.

Ao todo o programa já reciclou mais de 25 milhões de copos descartáveis. Para se ter uma ideia, esta quantidade equivale a aproximadamente 5750 vezes a altura da torre Eiffel ou a 400 voltas no autódromo de Interlagos!

O Programa de Reciclagem de Copos Descartáveis conta também com o apoio das empresas Copobras, Altacoppo, Unigel e Innova.

As empresas que tiverem interesse em aderir a esta ação, podem entrar em contato com a Dinâmica Ambiental para mais informações.