Conheça as etapas da reciclagem do plástico

2.964 views

A reciclagem é uma prática que envolve a coleta, a separação e o processamento de materiais que teriam como destino o lixo mas, ao contrário disso, são reaproveitados como matéria-prima para novos produtos.

No entanto, para que a reciclagem seja bem sucedida, é preciso seguir alguns passos, principalmente quando o material em questão é o plástico.

As etapas que envolvem a reciclagem do plástico, são as seguintes:

Segregação na fonte: Existem vários tipos de plásticos recicláveis, como garrafas, sacolas, copos, recipientes, embalagens etc. O primeiro passo no processo de reciclagem é separar esses plásticos dos demais materiais e se possível, por tipo de plástico, para que sejam destinados corretamente.

Coleta: A coleta dos materiais plásticos é realizada em diferentes pontos, como, residências, pontos de entrega voluntária (PEV’s), eventos, estabelecimentos públicos ou privados. Portando, o envolvimento da população, o apoio do poder público, as parcerias com empresas privadas, são elementos cruciais para que os programas de coleta seletiva se tornem economicamente viáveis.

Triagem: Depois que os plásticos são coletados e transportados para uma cooperativa de reciclagem, a próxima etapa é a triagem. Existem sistemas especialmente projetados que ajudam na classificação dos plásticos de acordo com cada grupo de material. Isso é importante, porque cada tipo de plástico deve ser processado ​​de maneira diferente e algumas instalações de reciclagem só conseguem reciclar certos tipos de plástico. Após a triagem, o plástico é levado para as recicladoras.

Reciclagem: A reciclagem mecânica, que é a mais comum para os materiais plásticos, é dividida em quatro etapas:

  1. Fragmentação: Os resíduos são levados para um triturador que reduz o seu tamanho.
  2. Lavagem e Separação: Os fragmentos são lavados com água e a separação é feita pela diferença de densidades, ou seja, os materiais mais densos afundam e os menos densos ficam na superfície da água.
  3. Secagem: Os fragmentos separados são secos em grandes secadores com circulação de ar quente.
  4. Extrusão: O material já seco é enviado para uma máquina extrusora, onde é fundido por aquecimento e levado por uma rosca sem fim, até uma matriz, onde são formados os filamentos contínuos comumente chamados de “espaguetes”, que são resfriados em uma banheira com água à temperatura ambiente e são cortados em uma granuladora, formando os grânulos de material plástico reciclado que são embalados.

Existe também a reciclagem química e neste caso, os plásticos são transformados em substâncias químicas ou matérias-primas, quase sempre envolvendo processos de despolimerização.

Separação eficiente

Existem diversos tipos de plástico no mercado, cada um deles com uma aplicação específica. Porém, alguns plásticos são altamente recicláveis, enquanto outros não são. É por isso que se os plásticos forem coletados por tipo, as chances de inseri-los na cadeia da reciclagem serão bem maiores. Geralmente, as embalagens possuem uma identificação com símbolos e/ou numeração que varia de 1 a 7 e indica o tipo de plástico utilizado no processo de produção de determinada embalagem. 

Se no seu trabalho são usados copos plásticos descartáveis, você pode contribuir com a reciclagem desse material aderindo ao Programa de Reciclagem de Copos Descartáveis.

Esta iniciativa da Braskem é realizada em parceria com a Dinâmica Ambiental e conta com o apoio das empresas Copobras, Altacoppo, Unigel e Innova. Realizado desde 2018, o Programa vem garantindo que os copos plásticos descartáveis sejam usados como uma importante matéria-prima na produção de novos produtos. 

O programa não só faz a coleta e encaminha o material para as recicladoras, como também orienta e incentiva as empresas a instituírem da melhor forma os procedimentos de logística para o destino correto de copos plásticos após o seu uso. 

Por isso, se você não deseja ver este material descartado de forma incorreta, participe do programa. Para saber mais basta entrar em contato com a equipe da Dinâmica Ambiental, que passará todas as informações sobre como é feita a logística reversa dos copos descartáveis.