O barulho das cidades pode impactar no aumento de peso da população, diz estudo

59 views

Pesquisa realizada com mais de 500 mil pessoas identificou relações entre o ruído e o aumento de peso, especialmente o aumento da circunferência abdominal

A poluição sonora, certamente, é um dos principais problemas ambientais urbanos. No entanto, o problema pode ir muito além do incômodo, de acordo com um estudo realizado pelas Universidades de Oxford e Leicester, na Inglaterra.

Os pesquisadores das universidades identificaram que a exposição a longo prazo ao ruído do tráfego urbano, ou seja, pessoas que moram perto de uma rodovia ou de uma via movimentada, podem ter um aumento no índice de massa corporal e circunferência da cintura, que são marcadores-chave da obesidade. O estudo foi publicado na revista Environmental Research.

O estudo

Os dados publicados na revista científica fazem uma associação entre aqueles que vivem em áreas afetadas pela poluição sonora e a obesidade em cerca de 2% de aumento na obesidade para cada 10 decibéis de ruído. “A associação persistiu mesmo quando contabilizamos uma ampla gama de fatores de estilo de vida, como tabagismo, uso de álcool, atividade física e dieta, bem como quando levamos em consideração a situação socioeconômica dos indivíduos e da área em geral. A poluição do ar também foi contabilizada, especialmente aquelas relacionadas ao tráfego”, disse um dos autores do estudo, Samuel Yutong Cai, epidemiologista sênior da a Universidade de Oxford.

Os pesquisadores analisaram dados de mais de 500 mil pessoas do Reino Unido, Noruega e Holanda. Ligações entre ruído e peso foram encontradas no Reino Unido e na Noruega, mas não na Holanda. Embora o estudo não confirme definitivamente uma relação causal entre a poluição sonora e a obesidade, os resultados são significativos e reforçam outros estudos anteriores, realizados em outros países europeus.

“Sabemos que o ruído indesejado pode afetar a qualidade de vida e perturbar o sono”, diz a coautora do estudo Anna Hansell, diretora do Centro de Saúde Ambiental e Sustentabilidade da Universidade de Leicester. “Estudos recentes levantaram preocupações que também pode influenciar a saúde geral, com alguns estudos sugerindo ligações com ataques cardíacos e diabetes. O barulho das cidades pode elevar os níveis de estresse, o que pode resultar no aumento de peso, especialmente o aumento da circunferência da cintura”, completa.