Saiba quais os principais tipos de logística reversa praticados no Brasil

istock.com / bdStudios A logística reversa vem ganhando cada dia mais força nas empresas do Brasil, por ser um processo que colabora com o planeta.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) define a logística reversa como uma série de ações e procedimentos que objetivam viabilizar uma coleta segura dos resíduos sólidos, restituindo-os ao setor empresarial para reaproveitamento ou destinação final apropriada. Trata-se, portanto, de um processo em que a indústria responsável pela fabricação de determinado produto consiga recolhe-lo para evitar descarte inadequado e poluição do ambiente.

A logística reversa corresponde a um dos instrumentos voltados para a aplicação da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, sendo considerada um instrumento de caráter econômico e social que permite a coleta de determinados resíduos para o setor empresarial, de modo que eles tenham a possibilidade de ser reaproveitados no ciclo produtivo.

Qual a importância da logística reversa para as empresas?

Empresas que fazem uso da logística reversa em sua cadeia produtiva contam com a capacidade de acrescentar um maior valor para sua imagem perante a sociedade, justamente por conta de seu empenho em proporcionar um maior benefício para meio ambiente. Além disso, elas propiciam oportunidades inéditas de negócio, resultando em mais possibilidades de emprego e geração de renda.

No presente contexto, em que a má administração do lixo acarreta em uma série de transtornos para o meio ambiente e prejudica a qualidade de vida das pessoas em várias regiões do planeta, a logística reversa demonstra ser uma excelente oportunidade para analisar e gerenciar as maneiras como os subprodutos de um procedimento produtivo serão descartados ou reintroduzidos ao processo.

Nesse sentido, empresas que contam com um eficiente sistema de logística podem obter uma significativa vantagem competitiva sustentável em relação às que não possuem, inclusive reduzindo os custos e melhorando sua relação com o consumidor.

Exemplos de logística reversa realizados no Brasil

Hoje em dia, é possível encontrar diversos exemplos da prática de logística reversa no Brasil. O Guaraná Antártica, por exemplo, enfatiza em seus materiais publicitários que as garrafas de seu produto são produzidas com PET reciclada — reaproveitando garrafas que, em vez de serem descartadas, retornaram ao fabricante para serem novamente utilizados em seu ciclo produtivo.

A reciclagem de eletrônicos também é outro excelente exemplo: diversas empresas recebem materiais eletrônicos usados e recolhem lixo especial para dar um destino adequado a eles, evitando que esses resíduos contaminem a água, o solo e o meio ambiente como um todo.

A Dinâmica Ambiental é outro excelente exemplo de empresa que realiza um importante trabalho quando o assunto é a logística reversa. Especializada na área de engenharia reversa, esta é uma empresa 100% nacional que se destaca como referência quando o assunto é descaracterização e destinação correta de produtos inservíveis. Para conhecer mais sobre este trabalho, acesse o site da Dinâmica Ambiental.

Redacaohttp://www.pensamentoverde.com.br

A redação do Pensamento Verde possui experiência na produção de conteúdos relacionados ao tema da sustentabilidade e preservação do meio ambiente. Estamos sempre em busca de informações atuais, interessantes e de grande relevância para a sociedade, pesquisando práticas sustentáveis ao redor do mundo e trazendo para o leitor apaixonado pela natureza. Acompanhe nosso portal e mantenha-se informado, contribuindo com um futuro melhor para o nosso Planeta Terra.