Empresa de Curitiba desenvolve projetos de geração de energia a partir de materiais renováveis

Nos últimos anos a organização teve um crescimento significativo e hoje tem capacidade para gerar energia elétrica entre 250 kW E 6000 kW

20 de abril de 2017
publicado por
Redação

Reprodução / Solidda Energia Empresa oferece soluções renováveis para tornar indústrias e comércios autossuficientes em energia.

Nos últimos anos tivemos uma grande crise econômica em todo o mundo, mas, mesmo assim, o setor de energia renovável conseguiu superar e ainda ter um crescimento significativo. De acordo com dados divulgados pela EPE (Empresa de Pesquisa Energética), o Brasil teve um crescimento em sua matriz de 41,2% em 2016, um número bastante importante devido à grande busca dos líderes mundiais por soluções sustentáveis, visando diminuir os efeitos negativos causados no planeta nas últimas décadas.

Tentando colaborar com um futuro melhor, a empresa curitibana Solidda Energia está desenvolvendo diversos projetos para geração de energia a partir de materiais renováveis. O foco da empresa é distribuir esse tipo de energia para indústrias e comércios, com o intuito de torná-las autossuficientes em energia elétrica.

A Solidda tem potencial para geração de energia elétrica entre 250 kW E 6000 kW e utiliza para o seu desenvolvimento materiais renováveis como biomassas, cavaco de madeira, casca de arroz, bagaço de cana, entre outros. Rodrigo Duarte, engenheiro e diretor da empresa explica, em release oficial: Trabalhamos com tecnologias exclusivas desenvolvidas por nós, com custo bem atrativo e direcionadas para cada projeto. Hoje, somos a única empresa brasileira que fornece esse serviço focado em baixa potência, e temos o objetivo de popularizar na indústria a possibilidade de geração própria de energia.”

Com sede no Brasil, a empresa atua em outros países da América Latina e tem como principal característica criar projetos únicos e personalizados, de acordo com a exigência de cada segmento. Ela ainda conta com uma linha exclusiva de máquinas e montagem exclusiva em “skid”.

Transformação da madeira em energia

A madeira pode ser um grande inimigo do meio ambiente, pois se não for reaproveitada corretamente, pode ser responsável pela degradação ambiental e o aumento do efeito estufa. Pensando nisso, a Solidda resolveu utilizar em um dos seus últimos projetos esse material, criando um sistema de geração de energia elétrica com potencial de 500 kW.

Esse projeto foi desenvolvido para a fábrica da Ótima Portas, localizada no Paraná, que utiliza os resíduos gerados na produção dos seus produtos para a geração de energia elétrica, sem precisar se desligar da rede da concessionária.

“O sistema funciona com um relógio bidirecional, que mede toda a energia excedente exportada à rede durante à noite, quando o consumo é menor, e mede também toda a energia que volta da Copel, nos períodos de maior consumo. No final do mês, a Ótima Portas ainda tem créditos de energia elétrica que podem ser consumidos em até cinco anos”, explica Rodrigo.

Conheça mais sobre a Solidda Energia através do site.