Conheça os principais aquíferos brasileiros

O debate em torno dos aquíferos como solução provisória para os problemas de escassez da água vem se intensificando. Isso porque, o elemento de formação geológica subterrânea funciona como reservatório de água, já que armazena a chuva que se infiltra no subsolo da terra.

Formado por rochas permeáveis, com espaços abertos que retém a água, os aquíferos servem como fontes de abastecimento, já que transmitem o recurso para poços e nascentes em quantidades suficientes.

Além disso, na maioria das vezes, a água proveniente de aquífero é potável, o que torna indispensável o tratamento para consumo e barateia o custo, tornando a ferramenta sustentável. No entanto, é preciso lembrar que também há contaminação, quando existe a presença de agentes poluidores, como lixões ou áreas urbanizadas.

Os aquíferos do Brasil

Devido a grande extensão e capacidade ambiental, há uma enorme concentração de reservatórios no Brasil. Os principais aquíferos do país são: Guarani, Alter do Chão – os maiores do mundo –, Cabeças, Urucuia-Areado e Furnas.

O primeiro é localizado na região centro-leste da América do Sul, abrangendo Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul (70%), bem como Paraguai, Uruguai e Argentina (30%). Um dos principais aquíferos do mundo, no entanto, não possui águas limpas, próprias para consumo próprio. Isso porque o sistema está no entorno de uma região populosa e conta com a poluição de dejetos de animais, agrotóxicos e resíduos químicos, provenientes da agricultura e queimada de cana de açúcar.

Aquífero Guarani

Foto: panoramio

O segundo, Alter do Chão, é o maior aquífero do mundo em extensão de água e está localizado na região que compreende Amazonas, Pará e Amapá. Com o grande volume, calcula-se que ele seria suficiente para abastecer toda a população mundial por 100 vezes. Hoje, ele é responsável pela distribuição de água em Santarém e Manaus.

Aquífero Alter do Chão

Foto: clicrbs

O sistema aquífero Cabeças, é considerado o de melhor potencial hidrogeológico na Bacia Sedimentar do Parnaíba, com água de boa qualidade. O sistema é utilizado para uso doméstico e irrigação.

Nos estados da Bahia, Minas Gerais, Goiás, Piauí e Maranhão, encontra-se o Urucuia-Areado, com água predominantemente bicarbonatada cálcica, pouco mineralizadas.

Já o sistema aquífero de Furnas, correspondente a parte dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná e São Paulo é caracterizado por água bicarbonatada sódica, potássica e mistas.

Redação Pensamento Verdehttp://www.pensamentoverde.com.br

A redação do Pensamento Verde possui experiência na produção de conteúdos relacionados ao tema da sustentabilidade e preservação do meio ambiente. Estamos sempre em busca de informações atuais, interessantes e de grande relevância para a sociedade, pesquisando práticas sustentáveis ao redor do mundo e trazendo para o leitor apaixonado pela natureza. Acompanhe nosso portal e mantenha-se informado, contribuindo com um futuro melhor para o nosso Planeta Terra.