Conceito e definição de agroecologia

A agroecologia tem como principal objetivo a produção limpa de alimentos mais saudáveis e naturais, através do uso racional dos recursos naturais e muito mais

24 de julho de 2013
publicado por
Redação

O conceito de agroecologia consolidou-se na ECO 92, quando diversas ações para implantar o Desenvolvimento Sustentável no planeta foram lançadas. Há muitas explicações sobre o termo, mas podemos defini-lo como um conjunto de ações que visam sistematizar a abordagem da agricultura em diversos aspectos, criando modelos justos, economicamente viáveis e sustentáveis ecologicamente.

Simplificando todos os significados e conceitos, a agroecologia tem como principal objetivo a produção limpa de alimentos mais saudáveis e naturais. Para isso, sua filosofia é composta de princípios, entre eles destacam-se: uso racional dos recursos naturais e a utilização de produtos orgânicos na manutenção de plantações.

Conheça as principais técnicas agroecológicas:

Adubação Verde, Orgânica ou Mineral

adubação mineral

Adubação Mineral – Foto: roteiroamazonico

Seguindo todos os princípios da agroecologia, a adubação deve minimizar os impactos ao meio ambiente e aos seres vivos, por isso, indica-se a adubação verde (utilizando plantas que estruturam e enriquecem o solo), a adubação orgânica (feita com esterco, biofertilizantes, minhocas, entre outros) ou adubação mineral (com pó de rochas, restos de mineração, entre outros).

Não utilizar agrotóxicos e adubos químicos

Os agrotóxicos e adubos químicos são substâncias que contaminam a água, o solo e os alimentos. Por prejudicar o meio ambiente, as pessoas que manuseiam e consomem estes alimentos, seu uso é totalmente proibido para a agroecologia.

Utilizar defensivos naturais

Os defensivos naturais são responsáveis por estimular o metabolismo dos vegetais de forma que estes cresçam e se defendam de forma natural. Esta opção tem baixo custo e não agride o meio ambiente.

Com estas e diversas outras técnicas a agroecologia auxilia a sociedade na busca de equilíbrio no uso de recursos naturais. Adotar um modelo de agroecologia é viável e possui grande retorno, uma vez que seus princípios foram planejados de maneira que haja sinergia entre os aspectos sociais, financeiros e ambientais.