Entenda como é produzido o gás natural e suas vantagens para o meio ambiente

foto de petrolífera instalada no mar

O gás natural é utilizado especialmente para geração de energia.

O chamado gás natural é composto pela mistura de diversos tipos de hidrocarbonetos leves (etano, metano, butano, propano e outros em pequenas quantidades) que, quando submetidos à pressão da atmosfera e temperatura do ambiente, são mantidos em estado gasoso. Esta substância pode ser uma excelente fonte de energia para residências, fábricas, indústrias, comércios e até como gás natural veicular.

Em fábricas e processos industriais, o gás natural é usado quase que exclusivamente para a geração de energia. Nas casas, a substância é utilizada para o aquecimento de água e até do ambiente. Nos dias de hoje, o gás natural representa algo como 16% de todo o consumo de energia do mundo.

Como é produzido o gás natural?

Basicamente, a produção do gás natural ocorre em seis estágios. São eles:

  • Estágio de exploração: pesquisas demográficas que investigam a possível ocorrência de gás natural em determinado ambiente;
  • Estágio de explotação: instalação de infraestrutura para remoção do gás por meio de poços;
  • Estágio de processamento e produção: quaisquer elementos (incluindo restos de petróleo) que possam contaminar o gás são removidos nesta etapa;
  • Estágio de beneficiamento: esse estágio visa a remoção de pesadas frações de gás natural. Ele já é realizado em petroquímicas e também divide o gás natural original em subprodutos;
  • Estágio de armazenamento e transporte: o estoque não é comum no País, mas exclusivamente, em nações de clima frio — que o estocam para utilização nos meses de inverno intenso;
  • Estágio de distribuição: por fim, o estágio consiste na distribuição do produto para os variados consumidores finais, que já destacamos anteriormente.

Gás natural: vantagens de sua utilização para o meio ambiente

  • O gás natural é uma fonte energética mais limpa quando comparada aos derivados do carvão mineral e do petróleo;
  • Um de seus maiores benefícios diz respeito ao custo mais baixo de manutenção, ao mesmo tempo em que seus equipamentos possuem vida mais longa;
  • O gás natural é menos denso do que o próprio ar e, após a etapa de beneficiamento, passa por odorização — de modo a identificar vazamentos com maior facilidade, evitando a ocorrência de acidentes ou explosões.

Imagem: curraheeshutter / iStock / Getty Images Plus

Redação Pensamento Verde

O Pensamento Verde surgiu com a missão de “informar, conscientizar e promover ações a favor do Meio Ambiente e Sustentabilidade”