Supermercado no Acre troca lixo reciclável por comida

A cada quilo de material reciclável, cliente tem direito a 50 centavos em compras de qualquer produto do ecomercado

17 de maio de 2017
publicado por
Redação

Reprodução / Facebook – TrocTroc Supermercado Consciente Consumidor pode escolher entre frutas, grãos, legumes e verduras.

Imagine se a cada ida ao supermercado você pudesse simplesmente trocar o seu lixo produzido em casa por alimentos novinhos? Melhor ainda seria se você soubesse que essa ação ajudaria o planeta, diminuindo os níveis de poluição e degradação do meio ambiente. E é exatamente isso que a Belga House of Indians Foundation, em parceria com os índios Ashaninka, do Acre, tem feito em um projeto oficializado nos últimos dias.

Foi inaugurado no dia 31 de março, no município de Marechal Thaumaturgo (Acre), um novo estabelecimento conhecido como TrocTroc, que, resumidamente, trata-se de um “ecomercado” que oferece a seus clientes a possibilidade de compra de comida em troca de lixo reciclado. De acordo com a fundação responsável pelo projeto, o novo empreendimento sustentável é o primeiro do gênero a funcionar oficialmente no país.

No TrocTroc, é possível trocar desde garrafas PET e latinhas de alumínio até recipientes maiores e outros materiais recicláveis por qualquer produto vendido no supermercado, o que estimula, de forma geral, os moradores do município acrense a desenvolver hábitos mais sustentáveis.

Inclusive, vale destacar que a ideia do projeto, que faz uso dos três pilares da sustentabilidade, é justamente construir uma consciência de reciclagem para a população local, incentivando também a economia da região.

O pensador por trás da iniciativa, Marcelo Valadão, presidente da fundação, explicou em entrevista ao G1 que a ideia surgiu após a Belga House of Indians Foudation fechar uma parceria com o líder indígena da tribo Ashaninka, Benki Piyãko. Com o amadurecimento de todo o projeto, o supermercado ganhou vida e iniciou suas atividades há um pouco mais de um mês e meio.

Para se ter uma ideia de como o novo supermercado tem funcionado, cada quilo de material reciclável é convertido em 50 centavos para compras. Para casos nos quais o cliente entrega os resíduos já limpos e amassados – ou seja, prontos para serem processados –, o valor do bônus é acrescido em 20%.

Entre os produtos que podem ser adquiridos estão frutas, grãos, legumes e verduras, todos produzidos por agricultores locais, fazendo com que o processo se torne ainda mais interessante para todos da região (produtores, comerciantes e consumidores). O lançamento do TrocTroc tem atraído a atenção também de outras empresas no país, que se veem motivadas a explorar novas soluções para o desenvolvimento sustentável.