Conheça as vantagens e desvantagens da agricultura de precisão

A principal vantagem desse tipo de agricultura é a automatização dos processo, o que minimiza os erros durante a execução da atividade

9 de novembro de 2017
publicado por
Redação

Jevtic / iStock / Getty Images Plus A agricultura de precisão trabalha aplicando técnicas e tecnologias que visam a otimização produtiva e melhor qualidade para o produto final.

O mercado agrícola é um dos mais importantes do mundo, uma vez que é focado na produção de alimentos e garante boa parte da economia mundial. No Brasil, a agricultura é responsável pela maior parte do PIB, ajudando o País a se desenvolver e criando um grande volume de empregos.

Ao mesmo tempo, porém, a agricultura também se destaca como uma área da economia bastante poluente e que pode ser muito prejudicial ao meio ambiente. Isso porque muitas práticas agrícolas causam desmatamento, utilizam agrotóxicos, geram poluentes relacionados ao transporte, descartam variados tipos de resíduos e exploram recursos naturais disponíveis.

Por isso, cada vez mais têm se buscado novas formas de garantir uma produção agrícola mais inteligente e eficaz. É o caso da agricultura de precisão, que aplica técnicas e tecnologias que visam a otimização produtiva e uma melhor qualidade no produto final. Este tipo de iniciativa tem se tornado cada vez mais necessário, já que há um aumento do número de pessoas e a diminuição dos espaços destinados a este tipo de atividade.

Agricultura de precisão: características e vantagens

Controle e monitoramento

Uma das principais características da agricultura de precisão é o uso de tecnologias que visam maior eficiência dos processos. Por isso, há a necessidade de monitorar e manter um controle mais apurado, buscando corrigir problemas em um menor espaço de tempo e garantindo uma maior produção.

Automatização

A aplicação da automatização é fundamental para a agricultura de precisão, já que diminui os erros, inclusive os voltados ao uso e reuso dos recursos naturais. Além disso, ela possibilita realizar um maior número de tarefas com eficiência e em um menor espaço de tempo.

Mobilidade

Há alguns anos, toda a gestão agrícola e os cuidados com a produção precisavam ser realizados in loco, observando os espaços pessoalmente e garantindo que tudo estava sendo realizado conforme o esperado. E isso não é uma tarefa fácil, já que geralmente os espaços são muito grandes e até distantes uns dos outros.

Com a aplicação da tecnologia na agricultura de precisão, isso não é mais necessário, já que o uso de câmeras, drones e mecanismos de automação garante um controle em tempo real em qualquer lugar do mundo.

Diminuição de custos

Em toda produção industrial, a automação e a busca por uma produção mais eficiente garantem a redução de custos. Isso não seria diferente dentro do contexto da agricultura de precisão, que possibilita que os produtos cheguem mais baratos ao consumidor.

Melhora da imagem

Por último, a agricultura de precisão também contribui para a melhoria da imagem do produtor dentro do mercado agrícola. Isso porque empresas que apostam na agricultura de precisão garantem uma produção mais sustentável e podem utilizar este argumento como forma de melhorar o relacionamento com seus clientes e aumentar sua lucratividade.