Home > Atitude > Casal viaja o Brasil à procura de destinos sustentáveis

Casal viaja o Brasil à procura de destinos sustentáveis

Piloto desenvolveu roteiro pelo Sul e tem incentivos da Lei Rouanet para percorrer todo o país

4 de janeiro de 2016
publicado por
Redação

Reprodução / Facebook O projeto Na Rota da Sustentabilidade ganhou o 1° lugar do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade na categoria Parceiros do Trade.

O casal Nathália Cagna e Thiago Cagna está em busca de novas inspirações que resultarão em um roteiro sustentável completo de todo o Brasil. Os dois, que já percorreram as sete regiões mais turísticas de Santa Catarina em busca de opções de turismo consciente, têm incentivo da Lei Rouanet para dar continuidade a essa empreitada.

“O turismo, se trabalhado pelo viés da sustentabilidade, traz muitos benefícios, tanto para quem viaja quanto para quem recebe os turistas. Por isso, divulgamos e incentivamos o turismo sustentável, por suas ações socialmente justas, economicamente viáveis e ecologicamente corretas”, contou Nathalia Cagna, idealizadora do projeto, ao Pensamento Verde.

O Projeto Na Rota da Sustentabilidade faz parte do Portal EcoHospedagem, criado em 2011 pelo Thiago para incentivar práticas de sustentabilidade no turismo. “Mas vimos a necessidade de visitar pessoalmente os destinos para encontrar essas opções de turismo sustentável que vão além das que encontrávamos na internet e muitas vezes só se encontra indo até o local”, conta Thiago.

Dupla iniciou o projeto no começo de 2015

Com um piloto desenvolvido, em janeiro de 2015, o casal percorreu 12 cidades do estado de Santa Catarina, totalizando 3.200km rodados, 40 roteiros e 36 empreendimentos com ações sustentáveis visitados.

Reprodução / Facebook O casal já realizou roteiros de turismo cultural e de natureza, como a Festa da Uva, no Rio Grande do Sul.

Para Nathália, cada região de Santa Catarina, onde foi realizado o piloto, se destaca de alguma forma. “O lugar que mais reúne opções sustentáveis é Florianópolis, que apresenta diversas pousadas e restaurantes que realizam ótimas ações socioambientais e passeios de ecoturismo, de contato com a natureza”, disse.

“A serra catarinense também tem muitos passeios e atividades de ecoturismo. E um projeto bem bacana que existe no estado todo é a Acolhida na Colônia, no qual o turista se hospeda numa propriedade rural e tem a oportunidade de conhecer as famílias e o dia a dia no campo. É um belo exemplo do que é o turismo sustentável”, lembra.

Segundo Nathália, o objetivo central do projeto é disseminar as diversas opções de turismo sustentável em todos os estados do Brasil, dando visibilidade a estes destinos e, consequentemente, gerando renda para estas comunidades, fomentando o turismo nestas regiões e incentivando que esses destinos, pessoas e empreendimentos, continuem desenvolvendo suas ações socioambientais.

Reprodução / Facebook A Chapada dos Veadeiros também já foi visitado pelo casal aventureiro.

Casal vai viajar 500 dias pelo país

Recentemente, o projeto foi nacionalmente reconhecido e alcançou o 1º lugar na categoria Parceiros do Trade do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2015, o maior prêmio de turismo sustentável do Brasil, que tem a chancela da Aliança Global para o Turismo Sustentável da ONU.

O projeto pelo Brasil todo já está aprovado pela Lei Rouanet e está em fase de captação de recursos. Caso a verba seja alcançada, a previsão para início da viagem é novembro de 2016 e o casal pretende viajar por 500 dias seguidos por todos os estados do país.